Redmi está a preparar um smartphone topo de gama com o Snapdragon 855

A Xiaomi tomou uma importante decisão no ano passado, separando a marca Redmi da Xiaomi e colocando-a no mercado como marca própria, ao estilo do que a Huawei tem com a Honor ou a Oppo tem com a Realme. Mas, parece que a independência da Redmi poderá funciona de uma forma que poderemos considerar algo estranho.

Segundo as mais recentes informações, a Redmi estará a preparar dois smartphones fora do que estávamos à espera para esta marca. Se pensávamos que a Redmi iria lançar apenas smartphones de entrada de gama e low-cost, afinal a marca irá funcionar ao estilo da Honor, com a sua própria independência e com modelos de média gama e topo de gama.

A informação foi divulgada por Lu Weibing na rede social chinesa Weibo, onde divulga uma fotografia da sua equipa da Redmi no instituto de R&D da Xiaomi. No post na rede social, Weibing indica que a sua equipa está a preparar o Redmi NOte 7 Pro e outro smartphone topo de gama. Sim, é mesmo essa a referência feita.

Desta forma, parece que a Redmi irá ter uma estratégia semelhante ao que temos visto com a Honor, que cada vez mais tem sido mais independente da Huawei e lançando-se fortemente no mercado, sendo que em Portugal já tem uma área dedicada e com parcerias de sucesso, como é o caso da Phone House.

Assim, a Redmi indica que também se vai lançar com um smartphone topo de gama e é expectável que venhamos a conhecer um smartphone da Redmi com o mais poderoso dos processadores do mercado, o Qualcomm Snapdragon 855.

Se sobre o Redmi Note 7 Pro já se tem muitas informações, quanto ao smartphone com o Snapdragon 855 ainda estamos totalmente às escuras, já que é a primeira vez que ouvimos falar do foco da nova marca chinesa no segmento de mercado de topo.

Fonte: GSMArena

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here