Rape Day é retirado da Steam

9 de Março de 2019
24 Partilhas 135 Visualizações

Um videogame foi retirado de seu serviço de hospedagem online. Até aqui não temos muito que falar, mas vamos prosseguir um pouco para entendermos o todo. Esse vídeogame, tem um conteúdo malicioso, ele permite aos jogadores assumir o papel de um “violento serial killer ameaçador” durante um apocalipse zumbi.

Esse jogo, chamado Rape Day, encorajou os jogadores a “verbalmente assediar, matar e estuprar as mulheres”. Além de conter temas de “violência, agressão sexual, sexo não consensual, linguagem obscena, necrofilia e incesto”.

Acho que agora podemos entender o assunto. Não temos muito o que discordar desta retirada. O Rape Day chegou às manchetes no início desta semana. Na ocasião, o jogo estava sendo revisado pela Valve para inclusão no Steam. Para quem não sabe, a Steam é a maior loja online do mundo para jogos de PC.

Mas depois desta revisão, podemos até adivinhar o que aconteceu. A Valve removeu a listagem do Steam e confirmou que não distribuirá o jogo. A empresa fez o seguinte comunicado:

“Depois de uma investigação e discussão significativas, achamos que o ‘Rape Day’ representa custos e riscos desconhecidos e, portanto, não estará no Steam”

“Nós respeitamos o desejo dos desenvolvedores de se expressarem, e o propósito do Steam é ajudar os desenvolvedores a encontrar um público”, acrescentou.

“Mas este desenvolvedor escolheu conteúdo e uma maneira de representá-lo, o que torna muito difícil para nós ajudá-los a fazer isso.”

Pós acontecido

Como bem sabemos, a empresa Valve havia anunciado anteriormente que estava adotando uma política “vale tudo”. Isso pelo menos quando o assunto é conteúdo na plataforma Steam. Mas no caso do Rape Day, a empresa afirmou que havia feito um “julgamento”.

Dá para notar as inconsistências. Por outro lado, comentaristas online criticaram a Valve por não ir longe o suficiente em seu julgamento. Para estes, ela deveria condenar o jogo e seu desenvolvedor, a Desk Plant.

No entanto, a Desk Plant não é dissuadida pelo revés. Pelo contrário, afirmou que tentará encontrar ou criar uma forma alternativa de vender e comercializar o Rape Day. Um desenvolvedor de um site criado para promover o jogo fez a seguinte declaração:

“O primeiro passo é estabelecer a venda para o jogo em outro lugar”

“O próximo passo é alcançar outros desenvolvedores de qualidade cujos jogos foram proibidos, que incluem conteúdo pornográfico e nada ilegal, para organizar um site de nicho onde você pode comprar porn games que são moralmente repreensíveis para o Steam.”

“Isso vai demorar um pouco, por exemplo, encontrar o processador de pagamento certo para esse projeto. Mas não se preocupe … isso vai acontecer.”

O que você acha que vai acontecer?

Fonte

Artigos interessantes

A nova funcionalidade do Google Maps
Google
45 Visualizações
Google
45 Visualizações

A nova funcionalidade do Google Maps

Sandra Pacheco - 25 de Março de 2019

Esta nova funcionalidade irá destacar ainda mais o Google Maps dos concorrentes diretos. Falamos da “partilha de eventos”. Esta nova…

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm
Hardware
33 Visualizações
Hardware
33 Visualizações

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm

Bruno Peralta - 25 de Março de 2019

O próximo processador topo de gama da Huawei que deverá ter o nome de Kirin 985 pode se tornar o…

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã
Telemóveis
9 Partilhas38 Visualizações
Telemóveis
9 Partilhas38 Visualizações

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã

Bruno Peralta - 24 de Março de 2019

A Xiaomi é uma das principais fabricantes de equipamentos eletrónicos do momento, sendo que tem uma gama variada de produtos…

Comente

O seu email não será publico