Rape Day é retirado da Steam

Um videogame foi retirado de seu serviço de hospedagem online. Até aqui não temos muito que falar, mas vamos prosseguir um pouco para entendermos o todo. Esse vídeogame, tem um conteúdo malicioso, ele permite aos jogadores assumir o papel de um “violento serial killer ameaçador” durante um apocalipse zumbi.

Esse jogo, chamado Rape Day, encorajou os jogadores a “verbalmente assediar, matar e estuprar as mulheres”. Além de conter temas de “violência, agressão sexual, sexo não consensual, linguagem obscena, necrofilia e incesto”.

Acho que agora podemos entender o assunto. Não temos muito o que discordar desta retirada. O Rape Day chegou às manchetes no início desta semana. Na ocasião, o jogo estava sendo revisado pela Valve para inclusão no Steam. Para quem não sabe, a Steam é a maior loja online do mundo para jogos de PC.

Mas depois desta revisão, podemos até adivinhar o que aconteceu. A Valve removeu a listagem do Steam e confirmou que não distribuirá o jogo. A empresa fez o seguinte comunicado:

“Depois de uma investigação e discussão significativas, achamos que o ‘Rape Day’ representa custos e riscos desconhecidos e, portanto, não estará no Steam”

“Nós respeitamos o desejo dos desenvolvedores de se expressarem, e o propósito do Steam é ajudar os desenvolvedores a encontrar um público”, acrescentou.

“Mas este desenvolvedor escolheu conteúdo e uma maneira de representá-lo, o que torna muito difícil para nós ajudá-los a fazer isso.”

Pós acontecido

Como bem sabemos, a empresa Valve havia anunciado anteriormente que estava adotando uma política “vale tudo”. Isso pelo menos quando o assunto é conteúdo na plataforma Steam. Mas no caso do Rape Day, a empresa afirmou que havia feito um “julgamento”.

Dá para notar as inconsistências. Por outro lado, comentaristas online criticaram a Valve por não ir longe o suficiente em seu julgamento. Para estes, ela deveria condenar o jogo e seu desenvolvedor, a Desk Plant.

No entanto, a Desk Plant não é dissuadida pelo revés. Pelo contrário, afirmou que tentará encontrar ou criar uma forma alternativa de vender e comercializar o Rape Day. Um desenvolvedor de um site criado para promover o jogo fez a seguinte declaração:

“O primeiro passo é estabelecer a venda para o jogo em outro lugar”

“O próximo passo é alcançar outros desenvolvedores de qualidade cujos jogos foram proibidos, que incluem conteúdo pornográfico e nada ilegal, para organizar um site de nicho onde você pode comprar porn games que são moralmente repreensíveis para o Steam.”

“Isso vai demorar um pouco, por exemplo, encontrar o processador de pagamento certo para esse projeto. Mas não se preocupe … isso vai acontecer.”

O que você acha que vai acontecer?

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here