Próxima atualização do Chrome vai copiar o Microsoft Edge nos downloads

O Google Chrome é, atualmente mais utilizado, sendo uma referência tanto para os utilizadores, como para a própria concorrência. No entanto, a Google está a testar uma nova funcionalidade que vai ao encontro de um dos seus concorrentes, o browser Edge.

O Google está a trabalhar numa nova experiência de download para o Google Chrome, que deve ser semelhante ao Microsoft Edge. A nova IU de downloads do Chrome substituirá a IU de downloads baseada em arquivar existente que aparece na parte inferior da tela.

O Chromium, código do browser crirado pelo Google, confirmou o plano da empresa de incorporar uma nova experiência de downloads ao navegador. “Este CL apenas rastreia o estado dos downloads e produz um ícone que desaparece na barra de ferramentas”, disse o Google. Antes do lançamento beta no início de 2022, a interface de downloads acabou por ser divulgada antes do lançamento e revela a aproximação do design que encontramos no Microsoft Edge.

Como esperado, o hub de downloads do Chrome aparecerá no canto superior direito da barra de ferramentas do navegador. Ele aparecerá automaticamente quando estiver a fazer download, então a nova IU de downloads pode oferecer uma experiência geral mais limpa, semelhante a como o Edge funciona. Se não gostar, parece que o novo hub de downloads será facilmente descartável, então pode ignorar os itens e continuar a navegar sem interrupções.

Além de uma experiência mais limpa, a nova IU de downloads do Chrome também ajudará a gerir o andamento geral do download. O progresso aparecerá no menu na barra de ferramentas e pode pausar, reiniciar ou cancelar um download.

É importante ressaltar que ainda não está claro se o Google planeia manter o botão de downloads sempre visível na barra de ferramentas. Por enquanto, parece que o flyout só pode ser iniciado com um clique quando está a fazer download de algo. Se quiser gerir os downloads, precisará visitar a página principal de downloads do navegador, tal como fazemos agora.

Isso é algo que o Microsoft Edge e outros navegadores já tiveram antes, sendo de referir que o próprio Edge é baseado no Chromium, mas para o Google Chrome, que há muito deveria ter aprimorado o design, é claramente uma mudança bem-vinda.

Fonte: Reddit

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui