Projeto ATMOS vence Concurso para Jovens Cientistas e Investigadores

Os vencedores do Concurso para Jovens Cientistas e Investigadores, organizado pela Fundação da Juventude em parceria com a Ciência Viva, foram divulgados numa cerimónia que pela primeira vez se realizou em formato online.

Considerada uma das maiores a nível Europeu, a Mostra Nacional de Ciência revelou os projetos de 129 jovens cientistas coordenados por 40 professores participantes no Concurso para Jovens Cientistas e Investigadores. Depois de analisados pelo júri, presidido por Raquel Seruca, Investigadora no Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, foram declarados como vencedores da 28.ª edição do Concurso para Jovens Cientistas e Investigadores os seguintes projetos:

1.º Prémio, no valor de 1250€

Projeto “ATMOS”, da autoria de Klára Sofia Varga, Sara Ribeiro Couto e João Carlos Pereira Carvalho. O projeto foi orientado por Rita Rocha, professora no Colégio Luso-Francês, Porto. “ATMOS” parte da premissa de que anualmente, em Portugal, morrem prematuramente 6630 pessoas devido à poluição do ar, principalmente causada pelo tráfego automóvel, sendo o Material Particulado (PM) responsável por mais de 50% das estatísticas.

Assente em três pontos focais, o projeto visa quantificar a retenção de PM por paredes verdes arbóreas; desenvolver uma nova metodologia para calcular a retenção de PM, baseada na função volúmica e avaliar o valor económico do serviço prestado ao ecossistema por esta solução baseada na natureza. Os amostradores ATMOS possuem uma capacidade de retenção de PM2.5 de 738 g, e um valor económico potencial de 1116 euros. A biomonitorização proposta revela-se uma metodologia alternativa de aquisição e análise de dados fácil e económica.

2.º Prémio, no valor de 1000€

Projeto “SandSpace”, da autoria de Nuno de Figueiredo Brito e Castro, Bruno Dylan Pinto Ferreira e Jorge Miguel Fernandes Correia, parte da constatação de que as águas do mar continuam salgadas, as águas dos rios continuam cristalinas, mas… paira a ameaça. Por isso, através de um sistema de georreferenciação – entenda-se sistema de semáforos –, que inclui 680 praias oceânicas e fluviais de Portugal, será possível identificar a situação de cada praia.

As praias sem informação aparecem referenciadas com sinais verdes de menor dimensão. A informação é fornecida pelos próprios utilizadores da aplicação e refere-se às duas últimas horas. Através de um gráfico, a SANDSPACE indica também o número de pessoas que deram a informação e a hora a que o fizeram. Este projeto efetuou, entretanto, parceria com a Agência Portuguesa do Ambiente, que detém a aplicação Info Praia. O projeto foi orientado por Fátima Paes, professora no Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite, São João da Madeira.

3.º Prémio, no valor de 750€

Projeto “Desenvolvimento de um Sistema Integrado de Deteção e Alerta de Radiações Ionizantes”, da autoria de Hugo Daniel Oliveira Vieira Remelgado, Hugo Ferreira Costa e Rita Fernandes de Matos. O projeto, orientado por Júlio Bigas, professor na Escola Secundária Dona Maria II, Braga, tem como objetivo controlar a exposição de grupo profissional às radiações ionizantes, pelo que apresenta um sistema de deteção e análise destas radiações de fácil utilização, analisa em tempo real a exposição a radiações nocivas e alerta o utilizador quando o limite diário for atingido.

O sistema integra um detetor desenvolvido de raiz para o efeito na plataforma Arduino e comunica com uma aplicação móvel, desenvolvida na plataforma Kodular, que analisa e regista todas as sessões de trabalho. O resultado é um protótipo revolucionário, que introduz um novo paradigma de segurança dos profissionais de saúde com a finalidade de reduzir os riscos de saúde associados e salvar vidas.

4.º Prémio, no valor de 600€

Projeto “Comparação de Métodos de Análise de Ondas Gravitacionais – LIGO vs. ROOT”, da autoria de João Dinis Ribeiro Machado de Carvalho Álvares, parte da premissa de que a utilização de outras ferramentas para análise de ondas gravitacionais é essencial para uma compreensão mais completa dos sinais que são observados pelos detetores LIGO/Virgo. Por isso, os sinais de vários eventos foram tratados utilizando o ROOT, do CERN, onde foram notadas correlações anómalas, que foram estudadas posteriormente utilizando a Transformada de Fourier. O projeto foi orientando por João Vieira, professor na Escola Secundária Dona Maria II, Braga.

5.º Prémio, no valor de 400€

Projeto “Radio Watching”, da autoria de André Amorim Ribeiro e Larissa Pereira Andrade tem por objetivo desenvolver um modelo de interação de radiofrequências com o plasma gerado em incêndios florestais, de modo a estipular as bases de atuação de um sistema de deteção precoce. Os cálculos são efetuados a partir da criação de simulações computacionais de fogos de pequena escala e soluções de aplicação do sistema são desenhadas através de técnicas simples de machine learning. O projeto foi orientado por Maria Helena Rodrigues, professora na Agrupamento de Escolas Clara de Resende, Porto.

Prémio Especial Porto Editora, no valor de 300€ em edições PE

Projeto “Influência de um herbicida na fauna edáfica: ensaios de evitamento com Eisenia foetida”, da autoria de Tomás Fernandes Matos, Raquel Pacheco Martins e Timo Cláudio Dieter Kolb. O projeto foi orientado por Paula Canha, professora na Escola Secundária Dr. Manuel Candeias Gonçalves, Odemira.

Prémio Especial LIPOR, no valor de 1.000€

Projeto “Relação entre a disponibilidade de Fe e a capacidade de sequestração de CO2 em Tetraselmis chui”, da autoria de Beatriz de Almeida Fernandes, Joana Espírito Santo Couto e Diogo Filipe Rosa Heleno. O projeto foi orientado por Rui José Fernandes, professor na Escola Secundária Eng.º Acácio Calazans Duarte, Marinha Grande.

Prémio Especial Professor Coordenador do 1º Prémio, no valor de 400€

Rita Rocha, professora no Colégio Luso-Francês, Porto.

Fonte: Fórum Estudante

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here