Projecto de lei trava “a fundo” entrada da Huawei no mercado americano

São, para já, cada vez mais remotas as hipótese de marcas como a Huawei ou a ZTE entrarem no mercado norte-americano, sobretudo depois de ter sido apresentada uma proposta de lei por parte de um membro da Câmara de Representantes que pretende proibir qualquer departamento do Governo norte-americano recorrer a equipamentos de telecomunicações de companhias chinesas.

O congressista Michael Conaway, que apresentou agora esta proposta, já anteriormente tinha sido apontado como tendo sido a fonte da pressão que impediu que o modelo Huawei Mate 10 Pro pudesse fazer parte da oferta das operadoras AT&T e Verizon.

Segundo o portal CNet, a proposta de lei agora conhecida vai ao encontro de uma outra iniciativa, lançada em 2013, que incluía a proibição da venda de produtos especificamente da ZTE às agências do Governo dos Estados Unidos, ou de uma mais recente que proibia o Pentágono de adquirir equipamentos de telecomunicações de companhias chinesas ou russas. Em causa estará uma hipotética ligação deste tipo de empresas – neste caso específico da Huawei – ao Partido Comunista Chinês.

Veja também...

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

avatar
  Subscrever  
Notificar de