Primeiro ministro faz alterações no Governo

Passos coelho

O primeiro ministro português está a fazer alterações no governo quer podem passar pela saída de cinco secretários de Estado.

 

Segundo a TVI o secretário de Estado da Economia, Almeida Henriques, abandonará o Executivo para se candidatar à Câmara Municipal de Viseu. Daniel Campelo, secretário de Estado das Florestas, vai sair por razões de saúde. A estes dois nomes soma-se a recém anunciada saída de Paulo Júlio, secretário de Estado do Poder Local, na sequência de um processo judicial.

A TVI garante ainda que estão ainda a ser feitos convites para a substituição dos secretários de Estado do Emprego, Pedro Silva Martins e da Inovação, Carlos Oliveira. As mudanças podem também envolver o ministério das Finanças, devido às dificuldades de relacionamento entre o secretário de Estado Paulo Núncio, do CDS-PP, e o próprio ministro Vítor Gaspar.

A primeira alteração no Governo aconteceu a 12 de março de 2012, o ex-secretário de Estado da Energia, Henrique Gomes, demitiu-se alegando “motivos de índole pessoal e familiar”. A 25 de Outubro Passos Coelho foram mais três secretarias de Estado: Francisco José Viegas saiu da Cultura, por razões de saúde, sendo substituído por Jorge Barreto Xavier, e Isabel Silva Leite deixou, a seu pedido e invocando motivos pessoais, a secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário, sendo a pasta entregue a Henrique Dias Grancho.

Na mesma altura, Pedro Passos Coelho decidiu, também, separar as pastas das Finanças e do Tesouro, criando a Secretaria de Estado das Finanças, pasta que ficou a cargo de  Manuel Luís Rodrigues (vice-presidente do PSD), e manteve Maria Luís Albuquerque como secretária de Estado do Tesouro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here