Primeiro ministro faz alterações no Governo

Passos coelho

O primeiro ministro português está a fazer alterações no governo quer podem passar pela saída de cinco secretários de Estado.

 

Segundo a TVI o secretário de Estado da Economia, Almeida Henriques, abandonará o Executivo para se candidatar à Câmara Municipal de Viseu. Daniel Campelo, secretário de Estado das Florestas, vai sair por razões de saúde. A estes dois nomes soma-se a recém anunciada saída de Paulo Júlio, secretário de Estado do Poder Local, na sequência de um processo judicial.

A TVI garante ainda que estão ainda a ser feitos convites para a substituição dos secretários de Estado do Emprego, Pedro Silva Martins e da Inovação, Carlos Oliveira. As mudanças podem também envolver o ministério das Finanças, devido às dificuldades de relacionamento entre o secretário de Estado Paulo Núncio, do CDS-PP, e o próprio ministro Vítor Gaspar.

A primeira alteração no Governo aconteceu a 12 de março de 2012, o ex-secretário de Estado da Energia, Henrique Gomes, demitiu-se alegando “motivos de índole pessoal e familiar”. A 25 de Outubro Passos Coelho foram mais três secretarias de Estado: Francisco José Viegas saiu da Cultura, por razões de saúde, sendo substituído por Jorge Barreto Xavier, e Isabel Silva Leite deixou, a seu pedido e invocando motivos pessoais, a secretaria de Estado do Ensino Básico e Secundário, sendo a pasta entregue a Henrique Dias Grancho.

Na mesma altura, Pedro Passos Coelho decidiu, também, separar as pastas das Finanças e do Tesouro, criando a Secretaria de Estado das Finanças, pasta que ficou a cargo de  Manuel Luís Rodrigues (vice-presidente do PSD), e manteve Maria Luís Albuquerque como secretária de Estado do Tesouro.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here