Presos por troca de pornografia infantil em evento tecnológico no Brasil

pornografia infantilA mais recente edição do Campus Party, um dos maiores eventos tecnológicos organizados no Brasil, ficou manchada pela detenção de dois homens, suspeitos de partilha de ficheiros e links relacionados com pornografia infantil.

O caso registou-se no sábado (1) quando os dois homens, um biólogo de 30 anos e um trabalhador metalúrgico de 26 anos, foram presos em flagrante por se encontrarem a partilhar ficheiros e links relacionados com pornografia infantil dentro do evento.

As autoridades conseguiram identificar os suspeitos depois de terem acesso ao IP dos dois computadores utilizados para praticar o crime, informação que já tinha sido mapeada pela organização do evento. Os dados levaram a polícia até à Campus Party, que decorre na zona norte de São Paulo.

Os dois homens foram presos em flagrante e confessaram o crime, tendo depois sido encaminhados para um centro de detenção provisória, onde aguardam a primeira ida a tribunal.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here