Portugal sobe ao 14º lugar do ranking global da Cibersegurança

Portugal conseguiu conquistar o 14º lugar do Global Cybersecurity Index 2020. Portugal “salta” também para a 8ª posição no ranking europeu. Esta classificação é resultado de um conjunto de iniciativas legislativas, técnicas, organizacionais, de desenvolvimento de capacidades e de cooperação que têm vindo a ser definidas e implementadas nos últimos anos.

Portugal registou uma melhoria em matéria de segurança do ciberespaço. Portugal em 2018 ocupava o 42º lugar do Global Cybersecurity Index, agora ocupa um belo 14ª lugar. Olhando para o ranking europeu, Portugal encontra-se agora no 8º lugar, depois de ocupar a 25ª posição há dois anos.

Este ranking é organizado pela União Internacional das Telecomunicações (ITU na sigla em inglês), tem como principal objetivo verificar o compromisso dos 193 estados membros no que diz respeito à segurança do ciberespaço.

blank

Em comunicado, o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) informou que para a melhoria de Portugal no ranking foi necessário um conjunto de iniciativas legislativas, técnicas, organizacionais, de desenvolvimento de capacidades e de cooperação que têm vindo a ser definidas e implementadas nos últimos anos.

Portugal foi classificado pelas suas excelentes medidas legislativas e regulatórias, a existência e implementação de capacidades ao nível das equipas de resposta.
Próximo de classificação máxima estão também as medidas implementadas ao nível estratégico e organizacional, além das medidas para a sensibilização, formação, treino e educação para a Cibersegurança.

O ranking da União Internacional das Telecomunicações deu também a conhecer que, a nível internacional, países como Estados Unidos, Reino Unido, Arábia Saudita, Estónia, Coreia do Sul, Singapura e Rússia se destacam pela positiva. Pela negativa encontram-se a Coreia do Norte, a Guiné Equatorial ou a Eritreia.

Fonte: Security Magazine

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here