Porque o Zoom está a tornar-se a aplicação de rede social mais popular do momento

Todos os níveis da sociedade estão a ser atingidos pela pandemia que actualmente o mundo inteiro encontra-se a viver. O auto isolamento e o trabalho remoto despoletou a utilização das vídeo conferências e vídeos chamadas quer seja em termos de trabalho quer seja em termos familiares. Numa altura em que muitas das famílias encontram-se ausentes sem poderem encontrarem-se pessoalmente, numa altura que em termos profissionais muitos de nós estamos de quarentena em casa em regime de trabalho remoto, as reuniões via vídeo conferências são uma grande mais valia.

Entre tantas aplicações que têm sido utilizadas nos últimos anos como o Skype, o FaceTime, o WhatsApp, o Messenger etc, ultimamente surgiu a Zoom e de facto têm-se mantido como das mais utilizadas senão mesmo a mais utilizada no momento.

Fundada em 2011 com a sua sede em San Jose, Estados Unidos da América, a Zoom tem catapultado e ultrapassou inclusive práticamente todas as outras aplicações. E o seu sucesso encontra-se tanto a nível da Europa como nos Estados Unidos da América. Só para terem uma ideia, é das aplicações com maior número de downloads na App Store da Apple.

A aplicação tanto está neste momento a ser utilizada a nível pessoal para que as famílias se mantenham em contacto, para profissionais efectuarem as suas reuniões, ou mesmo para grupos de jovens que sentem saudades de verem os seus amigos e conseguem assim visualizarem-se uns aos outros e com isto ajudar a passar estes dias nada fáceis. Os utilizadores da aplicação auto intitulam-se de “Zoomers” e para muitos é uma aplicação excelente que substitui fácilmente outras como o Facebook ou Twitter sendo estas das redes sociais mais antigas do mercado.

A aplicação Zoom permite juntar em um vídeo cerca de 100 pessoas para um tempo limite de 40 minutos Nota: Já não há limite de tempo. Caso seja um utilizador premium, a Zoom dá-lhe a hipótese de ter ainda encriptação de 256-bit em qualquer tipo de transmissão que faça seja ela a nível pessoal ou por motivos profissionais, e até mesmo qualquer documento que seja partilhado durante a sessão encontra-se também sujeito a essa encriptação.

E mais importante que tudo, é que a aplicação encontra-se disponível em praticamente todas as plataformas existentes desde smartphones Android a iPhone, a computadores Windows como em Mac.

Fonte: Metro.Co.Uk

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

2 COMENTÁRIOS

    • Olá Sr. Sousa,

      Agradeço em primeiro lugar o seu comentário que mereceu a nossa maior atenção. O ponto que aponta irá ser corrigido em futuros artigos. À data da redação deste artigo, ainda não existiam fontes suficientemente credíveis para o efeito. Agora, experienciado por nós, detetamos que efetivamente, havia sido retirada a restrição dos 40 minutos.

      Atentamente,

Responder a Tiago Teodoro Cancelar resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here