Poderá uma aplicação para smartphone ajudar a reconectar com a natureza?

 

Poderá uma aplicação para smartphone ajudar a reconectar com a natureza? Esta é a ideia do Parque Central de Nova Iorque e da sua “Zona de Safari”. Esta zona tem mais do que 200 espécie de pássaros, muitas delas raras, e são raros os visitantes que consigam nomear sequer uma dessas espécies que se encontram à frente dos seus olhos.

Por esse motivo, a Audubon Society e a Postlight juntaram esforços para criar uma aplicação destinada especificamente a identificar as espécies de pássaros que se encontram no parque. É uma espécie de Pokemon GO, mas esta app em vez de “aumentar a realidade” a partir de monstros fictícios colocados em locais reais, “aumenta a realidade” a partir dos pássaros verdadeiros oferecendo ao utilizador informação em relação à espécie de pertença.

A aplicação utiliza informação como a altura do ano e a localização, assim como o tamanho do pássaro, a cor, a forma, os seus padrões de comportamento, os sons que faz entre outros atributos. A partir do cruzamento de toda essa informação, a aplicação fornece ao utilizador a identificação do pássaro, assim como informação da espécie e artigos do site Audubon.org sobre essa mesma espécie. A aplicação permite também partilhar os pássaros encontrados para que cada pessoa possa ir construindo a sua lista de avistamentos e compará-los aos avistamentos de outras pessoas na área ou dos amigos.

Existem diversas aplicações relacionadas com o tema de “avistar pássaros”, e o objectivo desta nova aplicação acaba por ser fazer uma mistura das melhores características de cada uma delas. E claro, disponibilizar a aplicação gratuitamente.

Por agora, esta aplicação serve apenas para as espécies que se podem encontrar no Parque Central de Nova Iorque, e não existem planos para uma expansão por parte dos criadores. Porém, se de facto se revelar um sucesso, quem sabe o conceito não será expandido para outras espécies e para outras partes do planeta?

Fonte: Gizmodo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here