Pocket Camp sobe a parada Animal Crossing: New Horizons agora

O jogo Animal Crossing: New Horizons continua a dar que falar. Não só porque conseguiu tomar o mundo de assalto, como também deixou de ser uma moda para se tornar um modo de vida.

Mas nos últimos tempos temos vindo a assistir a uma iteração diferente deste simulador de vida que tem vindo a dar vida às imagens nas redes sociais.

O spinoff de Animal Crossing: Pocket Camp para mobile explodiu ao mesmo tempo que o jogo da Nintendo Switch. E isto ajudou em muito a que houvesse uma visibilidade acrescida, o que fez com que em muitos aspectos, o Animal Crossing: New Horizons ficassem um pouco aquém das expectativas.

Não sei se será uma comparação justa, pois o Animal Crossing: Pocket Camp teve mais de dois anos para se poder estabelecer e expandir-se. E não nos podemos squecer que houve muitas pessoas que ficaram chateadas com a experiencia sorridente de animal Crossing que o Pocket Camp lhes deu, e também com a forma como parecia ter sido construído para as microtransações.

E para aqueles que ainda são fãs do Pocket Camp dizem que não houve grandes mudanças em 2020, mas que isto é equilibrado com o facto do jogo móvel estar a trazer para a mesa o seu jogo A. O Pocket Camp faz um esforço para trazer os conjuntos de móveis e decorações que estamos habituados a ver no New Horizons. Enquanto o Pocket Camp parece querer melhorar e subir a parada, o New Horizons está numa de mais estável e mais estática.

No Pocket Camp conseguuimos ter objectos com animações e com propósitos específicos, como por exemplo vermos os aldeões dançando ao pé a Gyroids, que são personagens que mal se vêm no Animal Crossing: New Horizons. Mas, calma, porque a New Horizons não deixa de ter também grandes animações.

Fonte: Polygon

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here