Plataforma de criação de “humanos digitais” portuguesa dá acesso a programadores

No final de 2019 a startup do Porto Didimo conseguiu captar a atenção do mercado com o desenvolvimento de uma plataforma de criação de “humanos digitais” e, desde então, tem conseguido vencer sucessivas rondas de financiamento para o seu projecto, tendo em 2019 conseguido 6.2 milhões de euros no fim de 2019, e, no ano seguinte, mais uma ronda de 1 milhão.

A startup de momento está prestes a lançar a nova plataforma de geração de humanos digitais de alta-fidelidade, e a Didimo divulgou que vai dar acesso a programadores que pretendam fazer integração da tecnologia nas suas próprias soluções. O acesso pode ser pedido aqui. Com este novo lançamento, a marca pretende criar uma nova geração de humanos digitais, à escala e de forma mais rápida.

A solução da Didimo é especialmente interessante nos dias de hoje, visto que empresas de diferente sectores estão cientes de que o caminho para uma maior comunicação é a personalização e a criação de relações cada vez mais próximas com os seus clientes. Os humanos digitais podem ser uma ferramenta interessante nesta tentativa aproximação.

blank

A empresa anuncia que, a nova plataforma tem novas funcionalidades dedicadas a apoiar os diferentes negócios através de “inovadoras capacidade de animação, geometria e superfície”. Foi, também, feito uma correção anatómica dos olhos e boca, bem como das ferramentas de suporte.

Verónica Orvalho, CEO da Didimo, referiu em comunicado que “os humanos digitais da Didimo, caracterizados por serem gerados pelos utilizadores, de alta qualidade, e prontos em poucos minutos e em quantidade, são um ponto de viragem para as empresas, que podem, agora, criar experiências mais personalizadas e autênticas para os seus consumidores. Usando apenas uma selfie, os consumidores conseguem ver-se, integralmente, nas aplicações das suas marcas preferidas. Agora é o momento de expandir o potencial dos vossos negócios”.

A principal preocupação da start-up é tornar o “digital mais humano” através da transformação da forma como as pessoa comunicam e se relacionam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here