Pininfarina lança supercarro a pilha de hidrogénio

Ferrari_P4-5

Designer de excelência, o nome Pininfarina há muito que se encontra intimamente ligado ao da história do automóvel além das suas criações de design industrial onde se destacam as composições do comboio da CP Alfa Pendular.

As interpretações deste estilista de automóveis, que vão de automóveis visionários a propostas terrenas como o Ferrari F40 ou o Peugeot 205 e 306 Cabriolet, deslumbram o mundo desde 1933. A continuação da sedução acontece com os trabalhos desta marca de design sendo o mais recente exemplar o Pininfarina H2 Speed que foi apresentado no Salão do Automóvel de Genebra. Este automóvel é um exemplar único e conta com 503 cv de potência.

Alimentado a hidrogénio e incorporando a tecnologia de pilha de combustível este supercarro está já a ser testado pela empresa GreenGT, que tem desenvolvido sistemas de motorização mais amigos do ambiente desde 2008. Após dois anos de incubação e desenvolvimento o H2 Speed surgiu pela primeira vez ao público apresentando-se com a tradicional elegância dos modelos de Pininfarina aos quais acrescem 503 cv potência e capacidade de aceleração de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos. A velocidade máxima é de 300 km/h.

Como todos os amantes de automóveis não dispensam de uma musicalidade mecânica a Pininfarina preocupou-se em criar uma sonoridade sintética de forma a transmitir sensações que roçam o imaginário da ficção científica. O Pininfarina H2 Speed inspira-se no show car Sigma Grand Prix Formula 1 desenvolvido pela marca em 1969.

Veja também...

Deixe o seu comentário