PEUGEOT já tem disponível o seu primeiro veículo elétrico alimentada a Hidrogénio: o e-EXPERT Hydrogen

É um momento histórico para a marca: a 13 de dezembro de 2021 saiu da linha de produção o primeiro veículo a hidrogénio de série da PEUGEOT. A PEUGEOT torna-se, assim, num dos primeiros fabricantes a oferecer uma versão elétrica alimentada por uma pilha de combustível a hidrogénio (hydrogen full cell) no segmento dos veículos comerciais, em complemento às tradicionais versões térmicas e elétricas a bateria.

“Com o e-EXPERT Hydrogen, a PEUGEOT está um passo à frente numa tecnologia de futuro de zero emissões, particularmente relevante no mercado dos veículos comerciais ligeiros: a tecnologia elétrica alimentada a Hidrogénio permite uma utilização diária intensiva sem a imobilização inerente aos carregamentos, no que é uma vantagem decisiva para os profissionais que, num mesmo dia, devem percorrer várias centenas de quilómetros em autoestrada, para depois entrar em zonas urbanas com restrições em termos de emissões. A tecnologia a Hidrogénio desenvolvida pela Stellantis e implementada no nosso Peugeot e-Expert Hydrogen torna possíveis todas essas utilizações”, declarou Linda JACKSON, CEO da marca PEUGEOT.

O furgão a hidrogénio da PEUGEOT distingue-se pela perfeita integração de todo o sistema “mid-power plug-in hydrogen fuel cell electric” no compartimento do motor e sob o piso da carroçaria. Como resultado, não há qualquer tipo de cedência em termos de volume de carga, ao mesmo tempo que se obtém um baixo centro de gravidade, garantia de estabilidade, segurança e agilidade.

As entregas do PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen podem, assim, iniciar-se. O primeiro cliente, a quem será entregue a primeira viatura, antes das festividades de final do ano, é a WATEA by MICHELIN, jovem subsidiária dedicada a soluções de mobilidade verde, do Grupo MICHELIN.

O e-EXPERT Hydrogen, cuja produção iniciou neste final de 2021, torna-se no novo símbolo da estratégia “Extended Power of Choice” da marca, que permite a cada cliente optar, entre uma vasta gama de motores, por aquele que melhor se adequa às especificidades da sua atividade.

A versão elétrica com pilha de combustível a hidrogénio confirma a rápida implantação da oferta eletrificada da gama PEUGEOT EXPERT. O arranque da produção surge apenas 15 meses após o modelo e-EXPERT a bateria ter sido coroado “International Van of The Year 2021”, naquele que foi o sexto veículo PEUGEOT a conquistar este prestigiado troféu, desde 1992.

O PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen tem como base o e-EXPERT alimentado a bateria. É produzido em França, nas instalações de Hordain (Nord, Hauts de France), sendo depois transformado na Alemanha, em Rüsselsheim, no centro de competências da Stellantis, dedicado à tecnologia do hidrogénio.

O novo PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen inova com a integração de um sistema mid-power plug-in hydrogen fuel cell electric específico da Stellantis, composto por:

  • Uma pilha de combustível que produz a eletricidade necessária para a propulsão do veículo, graças ao hidrogénio incorporado no depósito;
  • Uma bateria recarregável de iões de lítio de alta tensão, com uma capacidade de 10,5 kWh e recarregável na rede elétrica, que também alimenta o motor elétrico em determinadas fases de condução.

O novo PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen distingue-se por:

  • Uma capacidade de cobrir todas as distâncias sem emissões de CO2,
  • Uma capacidade de reabastecer com hidrogénio em 3 minutos, para uma autonomia superior a 400 km no ciclo de homologação WLTP (em processo de homologação),
  • Uma tomada de carregamento para a bateria de alta tensão,
  • 2 comprimentos disponíveis (Standard e Long) com as mesmas características de volume de carga que as versões diesel e a bateria elétrica,
  • Até 6,1 m³ de volume de carga,
  • Até 1.000 kg de carga útil,
  • Até 1.000 kg de capacidade de reboque,
  • Uma adaptabilidade a todas as condições de estrada e autoestrada, com uma velocidade máxima de 130 km/h.

Dotado de uma imagem forte, o novo PEUGEOT e-EXPERT Hydrogen é tecnologicamente inovador. Pode deslocar-se para qualquer local e aceder aos centros das cidades, em silêncio e sem emissões de CO2, não havendo cedências em termos de prestações úteis, conforto ou prazer de condução.

O hidrogénio está, assim, a tornar-se num dos principais pilares da transição energética, com o anúncio de múltiplos projetos internacionais. Na Europa, em particular, o ecossistema está a desenvolver-se e os investimentos da European Clean Hydrogen Alliance para promover esta solução estão estimados em cerca de 60 mil milhões de euros.

Graças aos planos governamentais, o número de estações de hidrogénio na Europa está constantemente a aumentar, sendo que a marca PEUGEOT trabalha diretamente com fornecedores de energia para disponibilizar pacotes de ofertas.

Com o novo e-EXPERT Hydrogen, a PEUGEOT posiciona-se como protagonista deste desafio energético.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui