Petal Maps 4.0 traz as cores do Google Maps com muitas novidades

O veto dos Estados Unidos à Huawei, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, levou a empresa a reinventar praticamente todas as aplicações do Google que não podem mais ser incluídas nos seus telemóveis. Uma dessas aplicações é o Google Maps, que a Huawei reinventou como Petal Maps. Recentemente, a empresa lançou a versão 4.0 do Petal Maps, que vem com uma série de novidades interessantes.

Uma das principais características do Petal Maps 4.0 é a capacidade de mostrar quantos semáforos restam numa determinada rota. Esta é uma funcionalidade que nem mesmo o Google Maps possui. Durante a condução, os utilizadores podem ver quantos semáforos restam e, se houver um desvio, podem ver se terá mais ou menos semáforos.

Além disso, o Petal Maps 4.0 adicionou novas categorias para as câmaras de tráfego, o que significa que os utilizadores estarão melhor informados sobre os radares da rota e de que tipo são. A aplicação também melhorou a informação sobre as faixas de rodagem, incluindo quando se pode usar uma faixa de autocarro, uma faixa multiuso ou uma faixa reversível.

Ao contrário do Google Maps, no Petal Maps, se atualizares a versão, tens as novidades disponíveis, sem ter que esperar que sejam ativadas, ou não, do lado do servidor. Portanto, se atualizares para o Petal Maps 4.0, poderás desfrutar destas novidades muito interessantes, algumas das quais nem mesmo estão disponíveis no Google Maps.

A versão 4.0 do Petal Maps está disponível para download no Google Play e na Huawei App Gallery, embora ainda ofereçam uma versão anterior. A versão 4.0 pode ser descarregada do UpToDown.

O Petal Maps 4.0 é uma atualização significativa que traz uma série de novidades interessantes. A capacidade de ver quantos semáforos restam numa rota e a adição de novas categorias para as câmaras de tráfego são particularmente notáveis.

Na minha opinião, estas características fazem do Petal Maps 4.0 uma alternativa viável ao Google Maps, especialmente para os utilizadores de telemóveis Huawei que não podem mais usar as aplicações do Google devido ao veto dos Estados Unidos. No entanto, será interessante ver como o Google Maps responderá a estas inovações.

Fonte: Huaweiupdate

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui