Patreon preocupada com actual situação!

A Patreon afirma que os efeitos do vírus Covid-19 já chegaram à plataforma. Numa publicação de um blog a empresa afirma que mais de 30000 criadores acederam a plataforma para criar as suas contas (e estes números referem-se às primeiras semanas de março). Esses criadores são, muito provavelmente, artistas independentes que estão a sofrer grandes impactos devido às medidas impostas pelos governos (estamos a falar das restrições impostas à população devido ao Covid-19, e já para não falar de estabelecimentos de laser como restaurantes e cafés que fecham).

A empresa também partilhou que a média de crescimento das pessoas a ajudar os artistas foi de 36.2% em comparação com os números do mês de fevereiro (e ainda não acabou o mês de março). Estes valores indicam que as pessoas poderão estar a procurar maneiras de ajudar os seus artistas favoritos.

Ao mesmo tempo também se vê pessoas a desistir usando o vírus como o motivo para tal. A empresa não adiantou números sobre as desistências mas afirma que as desistências são menores que o número de pessoas a aderir (pelo que assim não existem grandes perdas).

A verdade é que este tipo de números é de esperar numa altura como estas. Existem muitos negócios a fechar e os criadores independentes têm que procurar outras maneiras de continuar a pagar as suas contas. Essas formas tanto podem ser através de doações devido a streams ou então recorrendo a plataformas como o Patreon para receberem apoios.

São más noticias saber que existem pessoas a cancelar os apoios que dão aos artistas mas esta situação também vem de encontro ao que está a acontecer nos dias de hoje. A plataforma Patreon permite aos artistas estarem ligados aos seus fãs mas se esses fãs ficam sem trabalho então não podem ajudar os seus artistas favoritos (e consequentemente a plataforma também pode ficar em risco).

Fonte:  The Verge

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here