Países Baixos vão proibir carros a gasolina e gasóleo a partir de 2025

Nissan Leaf (23)

O governo dos Países Baixos tem na manga um forte incentivo à aquisição de automóveis elétricos, e atirar para o passado os automóveis barulhentos com motor a combustão. O Congresso dos Países Baixos acaba de aprovar uma moção que define o ano de 2025 como o ano de fim de comercialização de automóveis com motores térmicos (alimentados tanto a gasolina como a gasóleo). Esta medida de proibição contempla também os automóveis híbridos.

Este plano, desenvolvido pelo Partido Social Democrata Holandês (PvdA), ambicionava mais: a proibição de todos os automóveis (novos e antigos) que não fossem elétricos de circularem naquele território, tendo que efetuar adaptações para conseguir a aprovação da câmara baixa do Parlamento. A concretização em lei só acontecerá depois de receber a aprovação do Senado, e ao que tudo indica assim será.

Atualmente o partido de centrodireita VVD já se manifestou contra esta proposta, tendo chegado a classificar a proposta de “irreal”. Esta meta de 9 anos é considerada também por especialistas ‘irreal’ já que atualmente as vendas de automóveis elétricos naquele território representam 10% do mercado, ou seja no ano de 2015 foram vendidos 43.000 veículos elétricos (incluindo híbridos) nos Países Baixos.

Atualmente os campeões de vendas de automóveis são veículos com motorizações híbridas (motor térmico e elétrico em associação), que serão proibidos também por esta legislação. O top é liderado pelo Mitsubishi Outlander P-HEV, híbrido, que desde 2009 até 2015 acumulou 27,5% das vendas nesta categoria.

Fonte: The Guardian

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui