Os Superchargers da Tesla já carregam outros veículos

Há anos que o CEO da Tesla, Elon Musk, tem, falado sobre a possibilidade de os veículos elétricos de outras marcas puderem utilizar a sua rede Supercharger . No verão passado, Musk revelou alguns detalhes importantes sobre como realmente funcionaria. Esta semana a empresa anunciou que vai iniciar o processo, e que, numa primeira fase, vai estar disponível em dez pontos de abastecimento situados nos Países Baixos.

De acordo com especialistas, a rede de Superchargers é a melhor no mundo, e distingue-se pela sua rapidez e desempenho. Os interessados podem, a partir deste mês, fazer download de uma aplicação da Tesla ( sendo que é necessário aceder à versão 4.2.3 ou superior), e selecionar a opção “Carregar o meu ‘Não Tesla’. De seguida vai aparecer o posto da Supercharger que está mais próximo da localização. Sabe-se que já estão mapeados os dez postos de abastecimento e, atualmente, não está prevista um alargamento da rede.

Os proprietários de Tesla podem continuar a usar as estações normalmente. “Estaremos a analisar e a avaliar a aplicação por forma a corrigir eventuais erros”, referiu a empresa no seu blog.

Elon Musk já tinha referido que o sistema iria ser testado na Europa: “Vamos estar a monitorizar de perto cada posto para evitar congestionamentos e para ouvir os utilizadores partilhar as suas experiências”, assumiu a Tesla completando que “sempre foi uma ambição nossa abrir a rede Superchargers a veículos não-Tesla e, ao fazê-lo, encorajar mais condutores para a eletrificação. Este plano apoia diretamente a nossa missão de acelerar a transição mundial para as energias sustentáveis”.

Depois deste projeto, vários países europeus provavelmente seguirão o modelos, antes de a empresa estender a sua rede de Superchargers nos Estados Unidos. Recorde-se que a Tesla já se comprometeu a abrir a rede na Noruega.

Por agora, apenas veículo europeus podem utilizar os superchargers devido às especificidades dos carregadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui