Os novos ecrãs de 120Hz da Samsung possuem funcionalidade para poupar energia

Os ecrãs da Samsung com um refresh rate de 120Hz contam agora com uma nova funcionalidade que irá permitir poupar energia nos seus equipamentos móveis.

Foi durante a última semana que a Samsung revelou ao mundo os seus próximos equipamentos, sendo que o topo de gama da linha Galaxy Note possui um ecrã com 120Hz. Quanto maior o refresh rate maior será a sensação de fluidez e resposta do ecrã dos equipamentos, seja a jogar um jogo ou até mesmo a utilizar a S Pen. Mas como já alguns de nós que possuem ecrãs com 90Hz aprendemos, quanto maior a taxa de refresh maior é o consumo energético do equipamento.

Assim, a divisão Samsung Display anunciou que existe um novo ecrã OLED chamado de Adaptive Frequency (estará também disponível para outros fabricantes que pretendam construir smartphones com estes mesmos ecrãs) e que difere dos ecrãs a que estamos habituados e que suportam altos refresh rate, mas infelizmente não conseguem efectuar a passagem para uma taxa inferior de forma automática.

Samsung Galaxy Note 20 Ultra

Este novo ecrã, que fez a sua primeira aparição com a apresentação do Galaxy Note20 Ultra 5G, pode atingir os 120Hz quando necessário para jogos mais exigentes, reduzindo de forma automática para os 60Hz para reprodução de vídeo, 30Hz quando encontra-se a escrever apenas mensagens ou até mesmo 10Hz quando o equipamento está apenas a mostrar uma simples imagem.

Na taxa mais reduzida, a Samsung afirma que poderá exigir somente 60% de energia necessária da bateria, ao contrário de outros equipamentos que não conseguem efectuar esse ajuste e os ecrãs começam a demonstrar o efeito de flicker.

De forma resumida, a empresa assume que a sua tecnologia pode poupar mais energia até um valor de 22% em relação aos ecrãs da concorrência. No entanto, e pelo que o site Anandtech relata, não está bem explicito a forma em como tudo isto é controlado. Apesar de já termos assistido a algo semelhante em monitores ou até mesmo televisões de modo a evitar o cansaço dos olhos do utilizador, é de facto a primeira vez que esta tecnologia está presente em ecrãs de pequena dimensão.

Fonte Engadget

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here