Opinião: Parabéns pela Coragem, Samsung!

Galaxy Note 7

Sempre ouvimos falar de smartphones com problemas, sendo que explodirem ou arderem não é a primeira vez. O grande problema é que no caso da Samsung foram seguidos, num equipamento acabadinho de ser lançado. Mas vamos dizer a verdade: a Samsung fez tudo bem.

Assim que as primeiras unidades do Samsung Galaxy Note 7 chegaram ao mercado, começaram os problemas, com algumas unidades a explodirem. Após a fabricante sul-coreana perceber que este problema era sério, decidiu fazer um recall mundial. Imaginem em termos logísticos o problemático que é organizar isto tudo, sem falarmos nas questões financeiras. No caso de um jornalista que estava a testar o smartphone no Algarve, a fabricante fez questão de mandar buscar o smartphone, mesmo após o jornalista ter dito que estaria de volta a Lisboa dentro de dois dias. Não há que correr riscos.

Samsung Galaxy Note 7A verdade é esta, a Samsung teve a coragem para tomar a decisão acertada, sem se preocupar com a parte financeira. Será que outras fabricantes teriam tomado esta decisão? E se a tivessem tomado, teria sido tão rápida a tomar?

Bem, mas a história continua e após a recolha e a substituição dos equipamentos, voltou a acontecer. Mais que uma vez. O problema não estava resolvido e a Samsung tomou um decisão praticamente histórica e, volto a dizer, de coragem: Novo recall mundial, suspensão de vendas e suspensão da produção. Haja coragem para isso.

Ainda não se sabe ao certo o porquê de isto acontecer e todo o processo está em investigação pela própria fabricante. Mas, para mim, a culpa é simples: a pressa. A concorrência feroz no mercado obriga a que a produção inicie-se rápido, como se o pedido fosse feito para ontem, logo a pressão na produção pode levar a erros. Neste caso específico, a Samsung queria lançar o seu produto um tempo antes da Apple, já que no ano passado até adiantou “a data normal” de lançamento da gama Note. E esta necessidade de lançarem as coisas rápidas que causou este problema.

Galaxy Note 7Por isso, vejo este problema com o Samsung Galaxy Note 7 como um “abre olhos”. Não só para a Samsung, mas para todas as fabricantes, para testarem melhor as coisas, para terem certezas que o produto que chega ao mercado chega em condições ideais para os utilizadores.

Independentemente do porquê, só temos de dar os Parabéns à Samsung. Sim, a minha opinião é contrária da maioria. Porquê? Porque a Samsung teve coragem para fazer o que estava correto e o mais rápido possível. A Samsung teve coragem para admitir o problema. Coragem para fazer dois recalls mundiais. Coragem para pararem a produção até perceberem o que se passava. Coragem para parar as vendas.

E, volto-me a repetir, para isto tudo é preciso Coragem. E a Samsung teve. Parabéns.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here