OneDrive celebra 15 anos com muitas novidades que não vai querer perder

A Microsoft está a marcar o 15º aniversário do OneDrive com uma nova página de destino, chamada OneDrive Home, e deve facilitar o acompanhamento do seu trabalho. Em vez de chegar à guia dos Meus arquivos ao abrir o OneDrive pela primeira vez, o utilizador irá encontrar na nova página inicial que se assemelha a esse painel na versão online do Office.

Assim como o aplicativo Web do Office, o OneDrive Home contém uma lista dos seus arquivos, organizados por quanto tempo o utilizador os acedeu. Acima da lista estão os filtros que permitem classificar os seus documentos por tipos de arquivo Word, Excel, PowerPoint e PDF.

OneDrive, (antes chamado de SkyDrive) é um serviço de armazenamento em nuvem da Microsoft. Com ele é possível armazenar e guardar qualquer arquivo, usando uma Conta da Microsoft. Também é possível definir arquivos públicos (qualquer pessoa autorizada poderá aceder à pasta definida como pública).

Existe também uma nova coluna “Atividade” à direita do campo do arquivo “Proprietário” que informa quando alguém deixa um comentário, @menciona outro utilizador ou atribui ao utilizador uma tarefa num documento partilhado. No lado esquerdo da exibição inicial, a Microsoft está a adicionar uma nova seção de acesso rápido, onde (assim como no Windows) o utilizador pode encontrar e fixar os seus espaços ao aceder ​​com muito mais frequência.

Infelizmente, todas essas mudanças não estão ativas ainda no momento, a Microsoft diz que o OneDrive Home irá estar disponível nos “próximos meses”. Ao que tudo indica, a nova página inicial pode servir como um hub central que deve ajudá-lo a manter-se organizado enquanto colabora remotamente.

Além do seu aplicativo da Web OneDrive, a Microsoft também está a lançar o seu novo recurso de história de fotos para o aplicativo móvel OneDrive (essencialmente o equivalente do OneDrive às histórias do Instagram) apenas para já para os utilizadores na Austrália. O recurso não irá chegar aos utilizadores nos EUA ou em outras regiões pelo menos até ao final deste ano.

Fonte: Microsoft

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui