O Wing 5G, um telemóvel com ecrã duplo, é a nova aposta da LG

Os coreanos são muito interventivos no que a tecnologia diz respeito, a Life’s Good é o exemplo mesmo disso, nomeadamente através da sua mais recente aposta nos ecrãs expansíveis ou duplos — como aconteceu com o Wing 5G, o novo telemóvel com ecrã duplo da LG. Anteriormente, a LG tinha apresentado o acessório de expansão de ecrã, o “Dual-Screen” que expandia o uso de alguns telemóveis LG topo de gama para dois ecrãs interdependentes.

Estas ideias permaneciam um pouco adormecidas, no entanto, agora que marcas como a Samgung, a Huawei e a Xiaomi têm procurado chegar a um novo nicho de mercado, o mercado dos telemóveis dobrados ou expansíveis, a LG viu também uma nova oportunidade de negócio, o seus ecrãs duplos — só que agora, de uma maneira “um pouco extravagante“. Segundo as últimas informações, o telemóvel terá um custo estimado em cerca de 1.000€.

O LG Wing 5G é composto por um primeiro ecrã pOLED Full-Vision de 6,8 polegadas com uma resolução de 2460 x 1080 píxeis, além de uma câmera pop-up de 32 megapixels, localizados na parte frontal do dispositivo. Por baixo (mais precisamente na traseira), existe o que parece ser um conjunto de três câmeras vulgares nos dias de hoje, entre elas, um sensor de 64 megapixels com uma abertura de f/1.8, acompanhado por um sensor ultrawide de f/1.9 de 13 megapixels. Ainda nesse conjunto, mas somente quando tiver o telemóvel aberto, surge outra câmera ultrawide, mas com 12 megapixels.

O grande diferencial entre este telemóvel e, por exemplo, um Huawei Mate X ou Z Fold 2 é o facto de não se tratar de um ecrã flexível mas sim de um telemóvel com outro ecrã — com apenas 3,9 polegadas e uma resolução de 1240 x 1080 píxeis (que funciona na vertical) e que permite operar a maioria dos aplicativos. É nestes moldes que a LG apresenta um dispositivo que se diferencia da concorrência dentro dos equipamentos voltados para a produtividade.

Visivelmente característico, o Wing 5G destaca-se no design e na proposta exterior, no entanto, o cérebro do telemóvel não introduz nenhuma novidade ao mercado, visto que conta com Qualcomm Snapdragon 765G — o processador de média gama da Qualcomm —, e com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento interno. A proposta, assegura a LG, não excede a grossura do LG Velvet (uma proposta de ecrã duplo da LG com recurso ao “Dual-Screen”).

Para descansar os mais anciosos, a fabricante coreana, assegurou que o ecrã interior (por baixo do grande ecrã) se encontra protegido por um plástico temperado — o polioximetileno — para que não se preocupe com riscos durante o funcionamento do deslocamento do display principal. Além disso, o mecanismo que permite passar do modo vertical para o modo paisagem, tem uma duração estimada em mais de 200 mil utilizações (alternância entre paisagem e retrato).

Esta é mais uma das apostas da Life’s Good para os próximos meses, pelo que, pode ser que se torne um sucesso, quem sabe. O facto é que a marca tem procurado proativamente desenvolver e incentivar o mercado ao desenvolvimento de novas soluções de aproveitamento do telemóvel como uma ferramenta de trabalho e de entreteniemento — concorrendo às vários anos com a Samsung (até em ecrãs).

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here