O Twitter quer tornar as mensagens criptografadas

O novo dono do Twitter, Elon Musk, expressou recentemente a sua intenção de melhorar o sistema de mensagens da rede social. De acordo com os relatórios, Musk deseja tornar o envio de mensagens directas no Twitter mais “intuitivo” e mais fácil de usar. Ele também espera que os utilizadores tenham a capacidade de enviar mensagens mais longas com mais funcionalidades do que é atualmente possível.

Para facilitar este objetivo, ele propôs a introdução de uma variedade de novas ferramentas que permitiriam uma melhor personalização das mensagens, assim como facilitar às pessoas a pesquisa de conversas relevantes entre as suas mensagens.

“Queremos permitir que os utilizadores possam se comunicar sem se preocupar com a sua privacidade, sem ter de se preocupar com uma violação de dados no Twitter, fazendo com que todos as suas DMs acessem a web, ou pensem que talvez alguém no Twitter possa estar a espionar as seus DMs”, disse Musk.

Em 2018, o Twitter levantou a preocupação de que um número significativo de mensagens directas trocadas entre as empresas e os seus clientes tivesse sido exposto a terceiros durante mais de um ano sem o conhecimento de nenhuma das partes. Este evento destacou as potenciais questões de segurança que surgem da utilização de várias plataformas de social media, e desde então tem servido como um impulso para as empresas reverem as suas práticas de protecção de dados.

Ao longo dos anos, o Twitter começou e depois parou de construir mensagens criptografados. Mas Musk agora está decidido a implementar a criptografia como prioridade máxima para a visão que ele chama de Twitter 2.0. “Deve ser o caso de eu não poder olhar para os DMs de ninguém se alguém colocar uma arma na minha cabeça”, disse ele aos funcionários.

Ele elogiou o Signal, o aplicativo de chat criptografado que é executado sem fins lucrativos. Ele disse que conversou com o seu criador, Moxie Marlinspike, que agora está “potencialmente disposto a ajudar” com a criptografia de mensagens do Twitter. “Ironicamente, Moxie Marlinspike trabalhou no Twitter e já quis realmente fazer mensagens criptografados há vários anos, mas foi negado e então criou o Signal”, disse Musk.

Musk continuou a dizer que “também queremos ter a capacidade de fazer chat por voz e vídeo via mensagens”. Ele reconheceu que o Signal exige a partilha de um número de telefone para iniciar um tópico e que, graças ao seu sistema de contas, o Twitter pode facilitar as chamadas seguras “para que não precise fornecer o seu número de telefone a ninguém”.

Fonte: Gizbot

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui