O que o nosso telemóvel deixa levar de nós!

Red Magic 5G

Quando baixamos uma aplicação, as permissões e as politicas de privacidade geralmente são sobre a informação que realmente a aplicação precisa. Nós acreditamos que a aplicação não vai aceder a mais nada. Mas será mesmo assim?

Infelizmente o que acontece é que as aplicações levam mais informação do que o que era suposto. Mais de 1000 aplicações foram apanhadas a usar informação mesmo depois de lhes ter sido negada a permissão para tal. Por exemplo as aplicações para controlar o ciclo menstrual foram apanhadas a dar informações pessoais ao Facebook, bem como com outras empresas. Outro exemplo são aplicações que servem para bloquear chamadas de marketing que partilharam informação com empresas de análises de dados.

Sempre que um equipamento envia informação, tal é capturado e relatado. A localização é capturada quando consultamos o tempo, por exemplo, e essa informação pode ser enviada para empresas de publicidade.

Antes estas acções ocorriam maioritariamente em rede de wi-fi públicas mas cada vez mais tem havido um maior foco no que acontece nos telemóveis das pessoas.

Investigadores começaram a prestar especial atenção aos seus dispositivos e descobriam que muitas aplicações enviam informação que não deveriam ter acedido para empresas que não a deveriam receber.

Basicamente os termos de privacidade com os quais concordamos não são exactamente o que acontece na realidade. Em alguns dos casos, a informação recolhida vai apenas para empresas de marketing para que as mesmas possam escolher melhor com que anúncios nos bombardear. No entanto, alguma da informação recolhida também pode estar a ir para agências governamentais que usam a tecnologia para vigiar as pessoas. Por exemplo, rumores afirmam que algumas agências usam este método para encontrar imigrantes.

Estas descobertas estão a trazer alguma luz a um mundo escuro, o do controlo e recolhimento da informação. Tal situação pode levantar outras questões sobre o tipo de informação que está a ser acedida sem que as pessoas o desejem.

Fonte: CNET

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here