O Hipercarro McLaren F1 que precisamos

Apesar de o MP4-12C ter sido considerado por muitos o sucessor da McLaren F1, o seu real sucessor só veio em 2013, apresentado no Geneva Motor Show, o P1 foi o primeiro hypercarro híbrido do mundo. Inicialmente foi cogitada a produção de 500 unidades, que posteriormente foram reduzidas a 375 unidades, que começaram a ser entregues em outubro de 2013.

O seu preço inicial era de 866 000 libras (cerca de 986 000€). Como o primeiro hypercarro hibrido do mundo, o P1 conta com um motor 3.8 V8 biturbo que entregam 737 cv de potência e 73,4 mkgf de torque aliados a um motor elétrico de 179 cv e 26,5 mkgf, totalizando os 916 cv do carro, com tamanha potencia o modelo vai em 2,8 segundos de 0 a 100 km/h, 6,8 segundos até os 200 km/h e 16,5 segundos para atingir a barreira de 300 km/h, segundo a fábrica. Sua velocidade final é limitada eletronicamente aos 350km/h. Se ampliarmos os detalhes que ajudaram o míssil britânico a atingir a referida velocidade, as coisas só ficam mais impressionantes.

No entanto, agora estamos aqui com um propósito diferente, nomeadamente para verificar uma renderização que retrata uma encarnação modernizada do McLaren F1. Agora, antes de chegarmos aos detalhes da construção virtual, aqui está a resposta: é assim que os heróis treinam. Qual é a pergunta? Bem, seria apenas normal para se perguntar sobre a razão para fazer tal criação.

A artista digital por trás disto é Ashley Livingston Thorp. Nascido em 1983, o aficionado americano é um designer gráfico, ilustrador e diretor criativo cuja experiência inclui esforços para títulos como Prometheus, X-Men: Primeira Classe e The Amazing Spider-Man 2, entre outros. Foi em 31 de março de 1998, quando o McLaren F1 subiu todo o caminho para 240,1 mph, estabelecendo um novo recorde mundial para o carro de produção mais rápido, com este permanecendo intocável por bem mais de uma década – a partir de 2017, o ícone Woking continua a ser o carro de produção atmosférica mais rápido, pelo menos até que alguém decide saltar o hardware de indução forçada dominando o campo hoje em dia.

Fonte: Autoevolution

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here