O Facebook vai introduzir ‘grupos pagos’ na plataforma

25 de Junho de 2018
9 Partilhas 315 Visualizações

Os administradores de grupos do Facebook poderão em breve tentar monetizar os membros. O Facebook planeia lançar métodos para permitir aos administradores receber dinheiro de subscrições dos membros do grupo.

Estas ferramentas já estão a ser testadas em alguns grupos piloto antes de serem lançadas para todos os administradores de grupos.

De acordo com uma publicação oficial no blog do Facebook, a equipa da rede social considera que esta medida irá motivar os administradores a gerir melhor os grupos. A ideia é que, desta forma, os administradores e moderadores irão “aprofundar as interacções com os seus membros” e “continuar a suportar as suas comunidades”. Também poderá ser uma forma de incentivar à criação de conteúdo para os mesmos.

Por agora, um subgrupo para subscritores apenas é criado que fica ligado ao grupo prévio. Este novo grupo terá ferramentas extras para coleccionar os pagamentos.

A implementação destas ferramentas será faseada por… temas

Nem todos os grupos receberão estas ferramentas simultaneamente. A implementação será faseada por temas. Grupos sobre parentalidade, cozinha e limpeza de casa serão os primeiros a receber a possibilidade de monetização. Se esta funcionalidade se revelar um sucesso, terá um lançamento geral.

Um dos grupos de teste é o Meal Planning Central Premium, que é uma comunidade sobre rotinas de preparação de comidas. Outro é o Organize My Home, dedicado a técnicas de limpeza dos quartos. O Grown and Flown Parents: College Admissions and Affordability é um grupo dedicado a pais preocupados com a vida universitária dos filhos que também já recebeu esta funcionalidade.

Existem tabelas de preços para as subscrições

De acordo com as informações avançadas pelo Facebook, os planos standard de subscrição aos grupos oscilarão entre $4.99 e $29.99. É esperado que uma parte desta mensalidade de subscrição fique para o Facebook, e uma outra percentagem fique para a Google ou a Apple devido às políticas da App Store e da Play Store.

Fonte: Crazy Engineers

Artigos interessantes

Ikea vai lançar colunas de som em parceria com a Sonos
Casa & Familia
10 Visualizações
Casa & Familia
10 Visualizações

Ikea vai lançar colunas de som em parceria com a Sonos

Bruno Peralta - 18 de Março de 2019

A Ikea está se preparando para revelar as suas colunas inteligente que vem construindo com a Sonos: a gigante de…

Como a Inteligência Artificial Pode ser Usada de Modo Malicioso contra a Segurança Cibernética
Tecnologia
12 Visualizações
Tecnologia
12 Visualizações

Como a Inteligência Artificial Pode ser Usada de Modo Malicioso contra a Segurança Cibernética

adão oliveira - 18 de Março de 2019

Se existe uma expressão que incita a imaginação e a curiosidade dos amantes de tecnologia, esta é inteligência artificial. Muitas…

Qualcomm ganha processo judicial contra Apple, mas ainda não acabou
Apple
21 Visualizações
Apple
21 Visualizações

Qualcomm ganha processo judicial contra Apple, mas ainda não acabou

José Nilson - 18 de Março de 2019

E finalmente foi decidido o vencedor da disputa judicial entra a Apple e a Qualcom. Acabando com a Qualcomm obtendo…

Comente

O seu email não será publico