O Facebook lança um serviço de notícias

O Facebook parece estar empenhado em melhorar e valorizar a sua imagem e, para isso, acabou de lançar um serviço de notícias. Esta novidade limita-se aos Estados Unidos da América, por agora e foi lançada esta sexta-feira.

O Facebook News pretende ser um espaço de jornalismo sério e reputado dando a todos os utilizadores a melhor perpetiva da realidade.

Esta iniciativa surge numa parceria com outros meios de comunicação norte-americanos e integrará notícias por parte dos parceiros. E o número de parceiros é verdadeiramente astronómico. São mais de duas centenas de meios de comunicação envolvidos. Wall Street Journal, Elle, CBS News, Washington Post ou Fox News são alguns dos parceiros que integram esta extensa lista de parceiros. Há, contudo, uma equipa de jornalistas criada pelo Facebook e que terá independência editorial. Foi criada com a missão de selecionar artigos, cumprindo diretrizes fáceis de usar.

Este espaço de notícias apresenta-se separado dos “feeds” de notícias habituais e baseia-se no recurso a algoritmos.

Em comunicado citado pela agência France Presse (AFP), o Facebook refere que “Agora estamos a começar a testar o Facebook News, um espaço de notícias no Facebook, para um subgrupo de pessoas nos Estados Unidos. […] (O Facebook News) dará ao público mais controlo sobre os artigos que vê e a oportunidade de explorar uma gama maior de interesses, diretamente por meio da aplicação do Facebook.

Esta quarta-feira, Mark Zuckerberg, fundador do Facebook confessou ao Congresso Norte-Americano a sua intenção de promover o jornalismo de qualidade, anunciando assim este espaço de notícias que está alicerçado em fortes valores.

Traduzido à letra seria “Guia Notícias” a mais recente criação do Facebook que prevê pagar milhões por boas manchetes.

O Facebook, quinze anos depois da sua criação, prova assim ser capaz de se reinventar e responder a críticas que lhe vão sendo lançadas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here