O ano 2019 terminou com mais 359 veículos a gás natural

O ano 2019 terminou com mais 359 veículos a gás natural no nosso país. É o mesmo que dizer que o número de carros a gás natural subiu 91% em Portugal no último ano. São dados da Associação Ibérica do Gás Natural e Renovável para a Mobilidade – a Gasnam.

Numa altura em que a aposta parece direcionar-se mais para os veículos elétricos, o segmento do gás natural quer também afirmar-se e segundo a Gasnam a tendência é para crescer ainda este ano.

Contamos, portanto, atualmente com 752 veículos a circular nas nossas estradas, sendo que o maior número diz respeito a camiões e autocarros. Em termos de percentagem, a Gasnam fala em 72%. Esta percentagem é largamente engrossada pelos autocarros que no ano passado se traduziu em mais 232 veículos. Foi a maior subida de sempre registada em relação aos autocarros.

Relativamente aos automóveis ligeiros, o aumento nos carros comerciais foi de 59% e nos ligeiros de passageiros o aumento foi de 63%.

Segundo a Gasnam, o uso de veículos movidos a gás natural “contribui para a redução das emissões de gases com efeito de estufa.” Somam-se as vantagens na carteira que e segundo a mesma entidade pode traduzir-se numa poupança “em alguns casos na ordem dos 50%, face aos combustíveis tradicionais”.

Graças às preocupações ambientais que estão na ordem do dia e aos “novos investimentos que têm vindo a ser feitos na expansão da rede de postos de abastecimento de gás natural nos principais centros urbanos e eixos rodoviários” o crescimento é para continuar. A Gasnam prevê que este ano o número de matrículas deverá ser superior a 500.

São bons números para continuar a alavancar este segmento que tem uma perspetiva ecológica e que contribui para a diminuição das emissões de gases nocivos para o planeta e para todos nós que diariamente não temos como fugir à poluição automóvel.

Fonte: Pplware

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here