Nvidia alcança recorde de receitas de 8,29 mil milhões de dólares

Apesar da concorrência da AMD, que tenta conquistar uma fatia do mercado com a sua boa estratégia e de ter crescido o seu negócio, a Nvidia contínua a liderar o segmento de chips gráficos.

Recentemente a Nvidia apresentou mais uma receita recorde de 8,29 mil milhões de dólares referentes ao primeiro trimestre de 2022 um aumento de 46% em relação ao ano anterior e de 8% em relação ao trimestre anterior, com receita recorde em Data Center e Gaming.

Jensen Huang., fundador e CEO da Nvidia refere, a propósito deste resultados:

“Alcançámos resultados recordes em Data Centers e Gaming num ambiente macro desafiador. O poder da aprendizagem profunda para automatizar a inteligência está a levar as empresas de todos os setores a adotarem a NVIDIA para computação de IA. O Data Center tornou-se na nossa maior plataforma, mesmo quando o Gaming alcançou um trimestre recorde.

Estamos a preparar-nos para a maior onda de novos produtos da nossa história, com novas GPUs, CPUs, DPUs e processadores robóticos que serão lançados no segundo semestre. Os nossos novos chips e sistemas serão um avanço para IA, gráficos, omniversos, condução autónoma de carros e robótica, bem como para os muitos setores onde estas tecnologias têm impacto”.

O relatório financeiro da Nvidia, no que respeita ao segmente de Data Center, revela que a marca conseguiu facturar 3.750 milhões de dólares, um aumento de 83% face ao mesmo período de 2021, o que representa um aumento 15%, relativamente ao último trimestre. Já no sector de Gaming, a marca conseguiu ter  3.620 milhões de dólares de receita, isto é, um aumento de 31% face ao período homólogo, e mais 6% quando comparado com o trimestre anterior.

As perspectivas da NVIDIA para o segundo trimestre do ano fiscal de 2023 são as seguintes:

  • Espera-se que a receita seja de US$ 8,10 bilhões, mais ou menos 2%.
  • Espera-se que as margens brutas GAAP e não-GAAP sejam de 65,1% e 67,1%, respectivamente, mais ou menos 50 pontos base.
  • Espera-se que as despesas operacionais GAAP e não-GAAP sejam de aproximadamente US$ 2,46 bilhões e US$ 1,75 bilhão, respectivamente.

Fonte: Nvidia News

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui