Novo filme da Disney é carta de amor aos videojogos

Red Magic 5G

Wreck-It Ralph, Força Ralph em tradução livre, é o novo filme de animação dos estúdios da Disney, e parece ser o primeiro do género a ser dedicado exclusivamente a uma indústria que a companhia conhece bem: os videojogos.

Mais do que uma adaptação de um jogo específico, o filme parece dedicar-se antes a homenagear todo o mundo dos videojogos. E também parece promissor.

O filme segue o personagem de Ralph (John C. Reilly), vilão há décadas numa máquina de arcada 8-bit chamada Fix-It Felix Jr. Um dia decide que visto que ele não é realmente má pessoa, quer experimentar ser um herói. Para esse efeito, foge do seu jogo e decide viajar para outro jogo na arcada, o ultra-moderno e violento Hero’s Duty. Pelo caminho vai-se cruzar com vários outros jogos e seus personagens, incluindo faces verdadeiramente lendárias e facilmente reconhecíveis.

No trailer distinguem-se:

– Paperboy (Paperboy)
– Chun-Li, Zangief, Bison (Street Fighter)
– Kano (Mortal Kombat)
– Clyde (Pacman)
– Neff (Altered Beast)
– Bowser (Super Mario Bros)
– Dr. Robotnik (Sonic the Hedgehog))
– Q*Bert (Q*Bert)
– Cyril (House of the Dead)

A seleção de personagens por parte da Disney é interessante e reveladora. Há as caras facilmente reconhecíveis para o público geral, mas alguns, como Neff ou Paperboy, podem ser considerados verdadeiramente obscuros para quem não cresceu a jogar videojogos nas décadas de 80 e 90. Outros, como Kano ou Cyril, fazem parte de jogos ultra-violentos cuja presença num filme da Disney é no mínimo curiosa. Os restantes protagonistas são de jogos tão obscuros que é preciso conhecer bem o mundo dos videojogos para perceber a sua presença, como Q*Bert, que até aparece no trailer a falar através de símbolos estranhos, tal como fazia no jogo.

Ainda não se sabe qual a extensão destas aparições por personagens icónicos, mas a Disney merece os parabéns por ter conseguido obter autorização por parte das detentoras dos direitos comerciais para usar estes mesmos personagens no seu filme – geralmente as editoras são extremamente protetoras dos seus personagens e não costumam ceder os seus direitos de uso facilmente. Para o terem feito nestas proporções, algo até agora inédito, nota-se confiança por parte dos estúdios criadores no projeto da Disney.

As indicações mostram que a Disney está a fazer um esforço para ser levada a sério com este filme pela comunidade dos gamers, que tão frequentemente é desapontada por adaptações menos fieis ou mesmo desastrosas que acabam por dar mau nome a todo o género. Pode ser que Wreck-It Ralph venha a ser finalmente o filme que a comunidade de jogadores sempre mereceu, mas nunca conseguiu.

Força Ralph tem estreia marcada para dia 6 de dezembro em Portugal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here