Novas falhas de processadores Intel: prejuízo para a Intel, Marketing para a AMD

Para os fãs da Intel, espero que se segurem na cadeira e não pensem que algum tipo de sabotagem foi feita. Pois, já temos as falhas Specter e Meltdown, que são ruins por si só, mas ainda sim, não estão sozinhas.

Pois, pesquisadores recentemente revelaram um quarteto de novas falhas de CPU: Zombieload , RIDL & Fallout e Store-to-Leak Forwarding, as quais ficaram conhecidas como vulnerabilidades MDS.

E não, eles não são erros e falhas que podem ser observadas sem tomar algum tipo de medida. Sim, estas falhas são sérias o suficiente para que os proprietários de PCs equipados com processadores Intel precisem repará-los imediatamente.

Com isso, infelizmente o desempenho da máquina será afetada, especialmente no modo multi-threading. E para a desgraça de alguns, a fortuna de outros. Para os fãs da AMD, esta falha vai ser um dos maiores argumentos que eles irão ter por meses em discussões nos fóruns.

E para dar aquela vantagem gigantes, os proprietários da AMD estão com sorte. Em seu site, a rival da Intel disse que seus chips são imunes aos problemas graças às verificações de proteção de hardware. Isso mesmo, a AMD está imune à essas falhas (AMD 1 X 0 Intel).

Não acabou

Ainda temos mais algumas más notícias para a Intel. Desta vez, o site especializado em Linux, Phoronix, executou testes mostrando que os patches podem afetar significativamente o desempenho.

As máquinas da Intel ficaram 16% mais lentas, em média, com as novas atualizações instaladas e o hyper-threading ativado, comparado a um aumento de 3% nos chips da AMD (AMD 2 X 0 Intel).

Para piorar a situação, a Apple e o Google aconselharam os usuários da Intel a desabilitar completamente o hyper-threading nos chips da Intel, se eles realmente quiserem estar seguros. Isso pode causar queda de 40% a 50% no desempenho, dependendo do aplicativo.

Novamente, os chips da AMD não precisam ser corrigidos para os novos bugs, e não há necessidade de desabilitar o multi-threading simultâneo (SMT), que é o equivalente da AMD ao hyper-threading da Intel (AMD 3 X 0 Intel).

O Hyper-threading afeta principalmente estações de trabalho e servidores, mercados sensíveis ao desempenho onde a Intel tem uma grande fatia de suas vendas de CPU. Phoronix disse que “o impacto da mitigação é suficiente para atrair o Core i7-8700 K para muito mais perto do Ryzen 7 2700X”, dependendo do desempenho, dependendo do sistema.

Enfim, parece que a Intel está com graves problemas. E tudo fica pior se analisarmos o quadro da empresa, ou seja, com o lançamento de alguns novos produtos que teriam com base, esses produtos mais antigos. Será que o golpe vai ser grande?

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here