Nova falha de segurança é descoberta nos processadores Intel

Quase todos os processadores Intel existentes atualmente apresentam uma séria vulnerabilidade que, se explorada, pode permitir que hackers acessem informações confidenciais.

Os investigadores de cibersegurança BitDefender dizem que a falha em si é semelhante ao que vimos com o Specter e o Meltdown. É uma ameaça no nível do silício que abusa o desejo da Intel de produzir os chips o mais rápido possível. Qualquer chip que suporte a chamada de sistema SWAPGS (permitindo que o processador troque entre o modo de kernel e os anéis de memória do modo de usuário) é vulnerável. Isso inclui praticamente tudo que a Intel construiu desde 2012.

Intel

Em um comunicado, Gavin Hill, vice-presidente de produtos de segurança de rede e de datacenter da Bitdefender disse:

“Criminosos com conhecimento desses ataques teriam o poder de revelar as informações mais vitais e protegidas de empresas e indivíduos particulares em todo o mundo, e o poder correspondente de roubar, chantagear, sabotar e espionar. ”

Então, o que está em jogo aqui? O BitDefender afirma que os hackers podem obter dados confidenciais, como senhas, tokens e conversas privadas. Aqueles que usam uma plataforma de computação compartilhada estão em maior risco.

Por meio de um provedor de computação em nuvem, por exemplo, os hackers podem explorar a vulnerabilidade para acessar credenciais e informações. A boa notícia é que há uma correção.

As duas empresas a desenvolveram no ano passado, junto com a Microsoft e a Linux Foundation, e agora estão ao vivo. A Intel recomenda que os usuários instalem os patches de segurança mais recentes do fabricante do sistema operacional o mais rápido possível.

Fonte

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here