Nook Tablet, o segundo episódio na guerra dos tablets low cost

Red Magic 3S

Chama-se Nook Tablet e é a resposta da livraria americana Barnes & Noble para combater o Kindle Fire.

O Nook Tablet é mais leve, tem um melhor ecrã, tem mais espaço e mais potência que o aparelho da rival Amazon, mas custa 250 dólares, mais 50 que o concorrente. Será esta uma nova guerra no mundo dos tablets, disputada por dispositivos de baixo custo e empresas de distribuição?

A comparação com o Kindle Fire da Amazon parece inevitável apesar de os dois dispositivos serem diferentes em termos de hardware, com vantagem teórica em números para o Nook Tablet. O novo dispositivo táctil da B&N tem um processador de 1Ghz de dois núcleos Ti OMAP 4, acompanhado de 1Gb de memória RAM e 16Gb de memória interna. É ainda possível aumentar a memória através de um cartão microSD até 32Gb. Tudo em 400 gramas, menos 13 do que o Kindle Fire.

O ecrã sensível ao toque é IPS com sete polegadas e VividView segundo as especificações reveladas no site da livraria americana. A densidade de 169 pixeis por polegada parece boa para disfrutar os milhares de e-books disponibilizados pela Barnes & Noble, que assegura ainda mais de 200 revistas, assinaturas de jornais periódicos e o acesso a bandas desenhadas, incluindo as da Marvel – mas apenas disponíveis no mercado norte-americano. Os serviços de vídeo por streaming Netflix e Hulu Plus vêm instalados de origem assim como o serviço de música Pandora – tal como o Kindle Fire é um dispositivo virado para o consumo audiovisual.

O sistema operativo que roda no Nook Tablet é o Android 2.3 mas customizado pela fabricante, querendo isto dizer que não há um acesso livre ao Android Market e que todas as aplicações terão que ser adaptadas ao novo tablet antes de ficarem disponíveis. A B&N disponibiliza ainda um serviço na nuvem onde é possível armazenar e aceder aos downloads de forma fácil através de Wifi. O tablet permite ainda navegação na internet, acesso ao email e tem entretenimento assegurado através de jogos como o Angry Birds.

O Nook Tablet é o sucessor e em tudo semelhante ao Nook Color, que segundo William Lynch, o CEO da Barnes & Noble, é o segundo tablet mais vendido em todo o mundo a seguir ao iPad. Sucesso semelhante espera-se para o novo tablet apesar dos 249 dólares que é preciso pagar em pré-compra através do site ou adquiri-lo directamente numa loja a partir do fim da próxima semana. Apesar de melhor em algumas especificações, serão 50 os dólares a mais precisos de desembolsas em comparação com o Kindle Fire. Tudo isto a poucos dias de o tablet da Amazon também entrar em venda, no dia 15 de Novembro.

Durante a apresentação do novo tablet na segunda-feira foi ainda anunciado o corte de preços nos outros dispositivos da B&N: o Nook Color passa de 249 dólares para os 199, enquanto o Nook Simple Touch fica com o preço de 99 dólares, numa baixa de 40 dólares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here