Nintendo é processada por uma criança devido ao Joy-con Drift

Infelizmente, quem tem uma Nintendo Switch, vai saber muito bem do que vou falar aqui. Muitos fãs do Nintendo Switch já experimentaram o triste fenómeno da deriva Joy-Con, em que o stick no comando da consola analógico começa a desviar-se para um lado, tornando assim difícil, se não mesmo impossível controlar os jogos.

Acreditem ou não, mas existe actualmente um processo de acção colectiva contra a Nintendo nos EUA por causa desta mesma questão. E agora, a Nintendo está a ser de novo processada, mas desta vez é por um miúdo e a sua mãe.

A queixa foi apresentada por uma Luz Sanchez e o seu filho, e se centra na Joy-Con drift. Em Dezembro de 2018, Sanchez comprou ao seu filho de 8 anos uma Nintendo Switch e logo passado um mês de ter a consola o filho começou a ter problemas com os controladores Joy-Con. No espaço de um ano foram comprados novos controladores, mas à medida que o problema avançava até os Joy-Cons estarem inoperacionais; ou seja, sete meses mais tarde, o segundo conjunto de controladores começou a experimentar o mesmo problema.

blank

Deste modo, Sanchez entrou com uma acção judicial juntamente com o seu filho. Pretendem obter mais de 5 milhões de dólares em indemnizações por esta acção judicial. Segundo os advogados de Sanchez a Nintendo “teve um motivo financeiro para esconder o defeito, pois não queria deixar de vender os Produtos, e/ou teria de gastar uma quantia significativa de dinheiro para reparar o defeito”.

A Nintendo em Julho de 2019, começou a oferecer reparações gratuitas para Joy-Cons com este problema, mesmo os que estavam já fora da garantia. Mas infelizmente, com a COVID-19 levou ao encerramento temporário dos centros de serviço da Nintendo, o que complicou um pouco mais as coisas.

Contudo, este ano, 2020, o presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, pediu desculpa por esta questão, registando um processo judicial em curso. Segundo palavras do próprio Furukawa: “Continuamos a procurar melhorar os nossos produtos, mas como a Joy-Con é objecto de uma acção judicial de classe nos Estados Unidos e esta é ainda uma questão pendente, gostaríamos de nos abster de responder sobre quaisquer acções específicas”.

Fonte: Gamespot

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here