NFL e Amazon Web Services utilizam dados para melhoria da condição física e saúde dos jogadores

Red Magic 3S

As 2 entidades estão em coordenação a integrar a nuvem da AWS e suas capacidades em ´machine learning´ e inteligência artificial, com os dados da NFL para melhorar a saúde e a segurança dos jogadores.

Este anúncio remonta a uma ideia e conceito de uma parceria entre Matt Wood, Vice Presidente de AI na AWS e Roger Goodell, comissário na NFL, denominada Next Gen Stats, e que a dupla começou em 2017 em que a tentativa é trazer os adeptos mais perto do jogo, e dar-lhes alguma outra maneira de os envolver. “Os fãs têm realmente levado a isso e nossas emissoras, nossos parceiros de media e tem sido realmente interessado em tomar este novos dados e torná-los em dados mais úteis , disse Goodell. Assim o projeto começou a ganhar dinamismo e juntando-se à AWS num anuncio durante o evento AWS re:Invent, Roger Goodell, comissário na NFL, referiu que a prioridade #1 da NFL é a segurança e por tal e de acordo com a sua visão, considerar os dados coletados pela NFL na última década, captados por sensores e captação dos lances de jogo, e combinando esses dados com a tecnologia AWS, o futuro do futebol poderá ser re-inventado.

“Quando consideras essa combinação, as possibilidades são múltiplas”, refere. “Queremos usar os dados de forma a mudar o jogo. Há muito poucos relacionamentos que nos associamos em que a NFL e o parceiro podem efetivamente alterar o jogo. Quando aplicamos tecnologia next-gen para antecipar segurança, integridade e saúde, todos ganham, desde o clube, os jogadores e os adeptos”.

Goodell refere que é importante utilizar a tecnologia de forma a criar impacto e que a NFL agora tem o potencial para fazer algo muito poderoso que inclui prever cenários de lesões, ou diagnosticar e tratar lesões. “Os resultados da nossa colaboração com a AWS, incluindo o que iremos aprender acerca do corpo humano e como as lesões surgem , poderá ultrapassar a própria modalidade. Da forma com que vemos as próximas 100 temporadas, estamos orgulhosos na parceria com a AWS e nesse desafio”, referiu.

A plataforma Next Gen fornece dados de localização em tempo real, velocidade e aceleração para cada jogador durante cada jogada cada centímetro do campo, Goodell explicou. A plataforma tem visto inovações em estatísticas avançadas, como probabilidade de conclusão ou jardas esperadas após o´catch´, dados experienciados pelos jogadores da NFL e que são muito importantes nas estatísticas de jogo já a partir das ligas college football games.

O resultado desta visão e conceitos motivou a que a AWS e a NFL irão co-desenvolver a plataforma Atleta Digital, um modelo de simulação computorizado de um jogador da NFL que será capaz de ser usado para simular cenários dentro de ambiente de jogo. O Atleta Digital aplicará as tecnologias de IA, ML e visão computacional da AWS, incluindo a ´Amazon Rekognition´, a conjuntos de dados da NFL, incluindo a partir de feeds de vídeo históricos e atuais, posição do jogador, tipo de jogo, escolha do equipamento, superfície de jogo, fatores ambientais e informações agregadas e anónimas de lesões de jogadores.

“É difícil subestimar o potencial de um gémeo digital, especialmente quando estamos a aplicar isso às pessoas”,  disse Matt Wood, Vice Presidente de AI da AWS.

A AWS e a NFL também desenvolverão modelos de visão computacional usando o Amazon SageMaker, o Amazon SageMaker Ground Truth e a Amazon Rekognition para avançar a capacidade de detectar concussões e identificar as forças que as causam.

Fonte: ZDNet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here