NASA testa avião com asas que se dobram e voo

blank

O projeto Spanwise Adaptive Wing (Asa de Largura Adaptativa) ou SAW, teve como objetivo testar uma liga metálica com memória de forma, aplicada às asas de um avião. Desta forma, o aparelho consegue controlar os ângulos durante o voo, garantido que estes se ajustam de melhor forma à velocidade e trajetória do aparelho.

Testes realizados no centro de pesquisas de Armstrong demonstraram a aplicabilidade do material, responsável por sobrar as asas do avião de testes entre 0 e 70 graus.

O aparelho usado nos testes foi o avião drone PTERA. Através dos dados aerodinâmicos recolhidos espera-se que a tecnologia venha a ser aplicada nos voos sónicos e supersónicos-. As vantagens são inúmeras sendo um exemplo a possibilidade do avião adaptar o ângulo das asas caso encontre ventos fortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here