MWC 19: A Xiaomi apresenta o seu Mi 9 e para a Europa

24 de Fevereiro de 2019
3 Partilhas 133 Visualizações

A Xioami aproveita o MWC 2019 para fazer duas grandes apresentações. Primeiro, o Xiaomi Mix 3 5G.

A outra grande apresentação é o Xiaomi Mi 9, que também já foi lançado na China, mas que agora é apresentado para a Europa na MWC.

A Xiaomi foi fundada há apenas 7 anos 3 já se tornou na quarta marca de smartphone do mundo, com mais de 224 milhões de utilizadores novos por mês. Em Espanha, a Xiaomi já é a marca número um no mercado dos desbloqueados em pouco mais de um ano. Na China já são a número um na venda de TVs online.

Segundo a IDC, a Xiaomi é a número um em wearable no mundo e já venderam mais de 560 mil scooters elétricas no mundo.

Xiaomi Mi 9

Começando pelo design do equipamento, os acabamentos são em vidro, com proteção Gorilla Glass 5, com a fabricante a seguir a mais recente tendência de utilizar os gradient na área traseira do equipamento. As cores disponíveis são o Lavender Violet, Ocean Blue, Piano Black. De destacar, ainda, uma versão transparente, ao mesmo estilo do apresentado Xiaomi Mi 8.

Em termos da área frontal, encontramos um ecrã AMOLED da Samsung de 6,4 polegadas com resolução FullHD+, 1080 x 2340p. É verdade que já há resolução superiores, mas também temos de admitir que num smartphone, que tem o objetivo de ser o mais acessível possível, não é o mais importante e FullHD já é muito bom. Com uma ocupação superior a 90%, o notch que agora é utilizado é o que chamamos de “gota de água”, com uma câmara de 20MP.

Xiaomi Mi 9 obtém 107 pontos no DxOMark

Já que falamos das câmaras, vamos olhar para as câmaras traseiras do Xiaomi Mi 9. Conta com um sensor Sony IMX586 com 48MP e uma abertura f/1.8, o segundo sensor é de 16MP grande angular com uma distância focal de 13mm, com o terceiro sensor de 12MP que se permite permite o zoom ótico 2x, bem como o Macro, que a Xiaomi destacou durante a apresentação que permite fotografar um objeto a apenas 4cms das câmaras.

Este conjunto de três câmaras obteve um excelente resultado no conhecido DxOMark, uma das referências na área das câmaras dos smartphones, colocando-se atrás, apenas, do Huawei Mate 20 Pro e do Huawei P20 Pro, o líderes deste ranking.

O processador não poderia ser outro para um topo de gama. O Xioami Mi 9 vem equipado com o mais recente Qualcomm Snapdragon 855, o novo processador topo de gama e que, supostamente, também equipa o Samsung Galaxy S10 (pelo menos em alguns mercados). Em termos de configurações de RAM e ROM, há três opções:

  • 6GB de RAM e 128GB de ROM
  • 8GB de RAM e 128GB de ROM
  • 12GB de RAM e 256GB de ROM

Neste caso, verificamos que a Xiaomi acaba por ser a primeira fabricante de smartphones a lançar um equipamento móvel com 12GB de RAM.

O Xiaomi Mi 9 também conta com NFC, USB-C com tecnologia de carregamento rápido até 27W e carregamento rápido sem fios até 20W, tudo isto para carregar uma bateria de 3300 mAh.

Xiaomi Mi 9 conta com sensor de impressões digitais no ecrã

Não há dúvidas que esta é uma tendência para 2019 e que todas as fabricantes deverão incluir esta tecnologia nos seus equipamentos. Será curioso de perceber como é que esta tecnologia está a funcionar neste equipamento, já que é uma tecnologia recente e a velocidade de resposta é importante.

Na nossa análise ao Huawei Mate 20 Pro, verificámos que ainda tem que melhorar para se aproximar do que já estávamos habituadas em relação ao sensor biométrico normal. Felizmente, em termos de segurança, o equipamento também conta com reconhecimento facial, o que é uma mais valia em termos de segurança do equipamento e, tambén, uma forma de desbloqueio do equipamento.

Xiaomi Mi 9 Explorer Edition é transparente

A Xiaomi volta a lançar uma versão melhorada do seu topo de gama, sendo que a única diferença é em relação às configurações da RAM e do ROM, bem como da traseira transparente que oferece e que convence. Sim, convence, apesar de, mais uma vez, ser apenas autocolante, mas pelo menos a fabricante chinesa decidiu não esconder o “óbvio”.

Com este design, temos a certeza onde é que se encontra o carregamento sem fios do equipamento móvel.

O Xiaomi Mi 9 Explorer Edition conta com 12GB de RAM, o que torna-se o primeiro smartphone do mundo com tanto RAM o que, provavelmente, até considera um exagero. O único concorrente que se prevê que siga este exemplo é a Samsung, com o Galaxy S10, que só será anunciado ao final do dia. Em temros d eROM, haverão 512GB de armazenamento.

Preços e disponibilidade

O Xiaomi Mi 9 chega à Europa por 449€ a versão de 6GB e 64GB,enwuanto a versão de 128agB custa 499€.

Em Espanha, estarão à venda a partir de 28 de fevereiro e esperamos que não demore muito a chegar a Portugal.

Artigos interessantes

A nova funcionalidade do Google Maps
Google
67 Visualizações
Google
67 Visualizações

A nova funcionalidade do Google Maps

Sandra Pacheco - 25 de Março de 2019

Esta nova funcionalidade irá destacar ainda mais o Google Maps dos concorrentes diretos. Falamos da “partilha de eventos”. Esta nova…

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm
Hardware
41 Visualizações
Hardware
41 Visualizações

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm

Bruno Peralta - 25 de Março de 2019

O próximo processador topo de gama da Huawei que deverá ter o nome de Kirin 985 pode se tornar o…

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã
Telemóveis
9 Partilhas40 Visualizações
Telemóveis
9 Partilhas40 Visualizações

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã

Bruno Peralta - 24 de Março de 2019

A Xiaomi é uma das principais fabricantes de equipamentos eletrónicos do momento, sendo que tem uma gama variada de produtos…

Comente

O seu email não será publico