Musk não sabe o que quer? CEO volta atrás e admite, afinal, trabalho remoto

O prazo de Elon Musk para os funcionários do Twitter Inc. se comprometerem com o novo ambiente de trabalho “hardcore” da empresa ou optarem por se despedir não lhe está a correr lá muito bem.

Na verdade, segundo a Bloomberg, muitos funcionários estão a optar por se despedirem, contrariamente ao que Elon Musk previu. Assim, e para evitar o colapso da empresa que já se anunciava no fim de semana, Musk voltou atrás numa das suas decisões (precipitadas?!) numa tentativa de reter talento.

O também fundador da Space X tinha dito anteriormente que era estritamente contra o trabalho remoto, mas agora enviou um e-mail aos empregados que restam a dizer o contrário: “tudo o que é necessário para validar o trabalho remoto é que a tua chefia direta assuma a responsabilidade de garantir que tu estás a dar uma excelente contribuição para o projeto”, escreveu, acrescentando que os funcionários devem ter reuniões presenciais com os seus colegas pelo menos uma vez por mês.

De recordar que, no final da semana passada, Musk anunciou que quem ficasse no Twitter estava a assumir um duro compromisso que incluiria “trabalhar longas horas em alta intensidade”. Os funcionários têm até quinta-feira, dia 24, para responderem se estão, ou não, disponíveis para aceitar esse “trabalho hardcore sem horas para terminar”.

O formulário incluía apenas uma resposta possível: “Sim”. Quem não aceitasse o formulário dentro do prazo era informado de que sairia da empresa com três meses de indemnização. Esse formulário não incluía, contudo, quase nenhum detalhe sobre os pacotes de indemnização em caso de não resposta, assumida como saída voluntária.

O ultimato de Musk veio menos de duas semanas depois de ter demitido 50% da força de trabalho do Twitter, ou seja, cerca de 3.700 funcionários. Muitos profissionais do Twitter consultaram advogados esta semana para decidirem o que vão fazer a seguir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui