Microsoft vai anular o armazenamento ilimitado no OneDrive por abusos de utilizadores

OneDrive

A gigante tecnológica Microsoft vai anular a oferta de armazenamento ilimitado na sua nuvem OneDrive em 2016 por abusos de alguns utilizadores com planos domésticos ou com assinatura Office 365 estudantil, dado o elevado aumento de envio de ficheiros sem qualquer controlo e com fins de partilha ilegal.

Segundo declarações oficiais por parte da Microsoft a empresa divulga os dados que estão por de trás desta decisão:

“Desde que começamos a permitir armazenamento gratuito em nuvem para clientes do Office 365, um pequeno número de utilizadores fez backup de vários computadores pessoais e guardou coleções inteiras de filmes e gravações Vídeo” que “Em alguns casos, isso excedeu 75 TB por utilizador ou 14.000 vezes em média.”

Com esta decisão cada utilizador vai passar a contar apenas com 1 TB, os planos de 100 GB e 200 GB vai deixar de existir de forma gratuita sendo substituídos por planos de 50 GB com um custo mensal de cerca de 2 euros por mês.

Quanto aos planos gratuitos vão passar dos atuais 15 GB para 5 GB e vai deixar de existir a opção de backup automático de 15 GB de ficheiros (imagens ou vídeos) de câmara do seu dispositivo móvel.

Todas as mudanças terão efeito já em janeiro de 2016, sendo que a Microsoft vai notificar todos os utilizadores para guardar os seus arquivos existentes atualmente num espaço de 12 meses após a notificação.

Esta decisão por parte da Microsoft marca uma atitude séria para com a partilha ilegal de ficheiros e aplica medidas negativas a todos os utilizadores da sua cloud. Se é utilizador do OneDrive é aconselhável ir adaptando a sua nuvem as estas novas medidas para não correr o sério risco de perder os seus ficheiros.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here