Microsoft já deixa transferir licença Office 2013

licenciamento Office 2013A Microsoft decidiu alterar os termos de licenciamento do Office 2013, permitindo agora que a licença seja transferida de computador para computador, no caso de uma avaria ou simplesmente se o utilizador assim o quiser.

Antes a Microsoft não permitia que a licença fosse transferida e ficava sempre “agarrada” ao computador onde fosse instalada pela primeira vez. Isto não agradou aos compradores que protestaram com a decisão e ao que parece a Microsoft ouviu-os e decidiu alterar as regras. No blog Office News a empresa clarificou as novas regras de licenciamento.

Agora é possível transferir o software sempre que quisermos, para outro computador que nos pertença, desde que a última mudança não tenha sido feita há menos de 90 dias. A única excepção a esta regra é, no caso de haver uma falha de hardware que impossibilite o uso do computador, sendo neste caso possível transferir a licença mais cedo. No caso de transferirmos a licença, o computador que a recebe é que passa a ser o computador licenciado.

Se quisermos também é possível transferir o Office e a respetiva licença para um computador que pertença a outra pessoa desde que a primeira licença seja nossa e desde que a outra pessoa aceite estes termos.

Claro que para cumprirmos estes termos assim que a licença seja transferida temos de desinstalar o Office do computador anterior, não sendo possível fazer nenhuma cópia do mesmo.

Esta mudança aplica-se às versões Office Home e Estudante 2013, Office Home e Negócios 2013, Office Profissional 2013 e aplicações isoladas do Office.

O texto no blogue finaliza dizendo que a Microsoft luta para criar um produto que ajude as pessoas atarefadas a fazer as suas coisas e que um dos pontos chave para o seu sucesso é ouvir a opinião dos clientes, agradecendo o feedback dado com esta questão do licenciamento.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here