Microsoft faz open-source da Calculadora do Windows

9 de Março de 2019
2 Partilhas 72 Visualizações

A Microsoft lançou o código-fonte da Calculadora do Windows no GitHub, sob a licença do MIT. Isso tudo foi uma jogada da empresa na esperança de criar uma comunidade de desenvolvedores em torno dele. Assim ela poupa pessoal e ganha muito mais criatividade no programa. O que você acha?

O que tem de interessante nisso? Simples, as várias novas ideias e o grande potencial destes aplicativo depois de passar por esse processo. Um dos mais evidentes e pequenos problemas é o caso dos símbolos C e CE que não estão se alinhando com o símbolo de backspace no teclado. Sim, esta é apenas uma pequena coisa nada muito complicado.

Esta jogada da empresa foi anunciada noite passada, assim temos muito o que ver de acordo com o tempo. O projeto foi carregado para os desenvolvedores revisarem e participarem do desenvolvimento sob o fluxo padrão do GitHub.

Esse tipo de movimento não é nova, e já foi usada antes pela empresa. Na ocasião, a empresa fez o open-source de seu aplicativo venerável “Gerenciador de arquivos”. Assim, poucas pessoas ficaram surpresas com o movimento da empresa.

Além disso, os desenvolvedores já estarão familiarizados com o .NET Core, o sucessor de código aberto para o .NET Framework. No entanto, a Calculadora é muito mais uma parte integrante do atual Windows 10.

O programa

Embora os programadores sejam incentivados a se juntar ao projeto e participarem de discussões, corrigir problemas e sugerir novos recursos eles não podem fazer tudo. Assim, a Calculadora ainda passará pelos processos habituais de teste, conformidade e qualidade antes de ser permitida perto do conjunto de instalação do Windows.

Isso não é algo para se assustar, é um passo padrão. A Microsoft também planeja contribuir com os controles personalizados e extensões de API usados ​​na Calculadora para projetos como o Windows Community Toolkit.

De onde surgiu a ideia?

É uma ideia muito interessante, afinal, o público na internet pode ser muito criativo. E criatividade é muito importante para desenvolver um produto bem feito. Mas como foi que surgiu essa ideia de liberar o desenvolvimento para os internautas?

Leitores com longas memórias podem se lembrar de Steve Teixeira. Na época, este era o gerente geral do Grupo de Dispositivos e Windows da Microsoft. Em certas ocasiões este homem, quando encarregado do desenvolvimento de aplicativos como a Calculadora, perguntava no Twitter o que deveria fazer com eles .

Ele não está mais na Microsoft. Mas ainda sim podemos creditar alguma parte desa ideia para este homem. Afinal a ideia foi muito bem usada.

Fonte

Artigos interessantes

A nova funcionalidade do Google Maps
Google
35 Visualizações
Google
35 Visualizações

A nova funcionalidade do Google Maps

Sandra Pacheco - 25 de Março de 2019

Esta nova funcionalidade irá destacar ainda mais o Google Maps dos concorrentes diretos. Falamos da “partilha de eventos”. Esta nova…

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm
Hardware
32 Visualizações
Hardware
32 Visualizações

Huawei Mate 30: Kirin 985 deverá ser produzido em 7nm

Bruno Peralta - 25 de Março de 2019

O próximo processador topo de gama da Huawei que deverá ter o nome de Kirin 985 pode se tornar o…

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã
Telemóveis
9 Partilhas36 Visualizações
Telemóveis
9 Partilhas36 Visualizações

Xiaomi Mi A3 terá câmara frontal de 32MP e sensor de impressões digitais no ecrã

Bruno Peralta - 24 de Março de 2019

A Xiaomi é uma das principais fabricantes de equipamentos eletrónicos do momento, sendo que tem uma gama variada de produtos…

Comente

O seu email não será publico