Microsoft diz que a nova lei de cidadania da Índia é “triste”

Red Magic 6S

Satya Nadella, da Microsoft, pronunciou-se sobre a nova controversa lei de cidadania da Índia, a CAA.

Num evento organizado pela Microsoft para editores que aconteceu em Nova York, Nadella afirmou o que está a acontecer é triste, principalmente para alguém que cresceu lá. Também disse que gostaria de ver os imigrantes do Bangladesh a ser integrados na industria da tecnologia. Satya Nadella afirma que gostaria de ver alguém do Bangladesh ir para a Índia e criar algo revolucionário ou tornar-se o próximo CEO da Infosys. Os seus comentários podem até serem interpretados como protestos contra a lei.

Satya Nadella cresceu em Hyderabad, o melhor local para a tecnologia Índia, mas é agora cidadão americano.

Após as afirmações de Satya Nadella, a Microsoft fez uma declaração onde Nadella demonstra a sua esperança por uma Índia onde os imigrantes podem sonhar com um início prospero. Mas adiciona que todos os países deveriam definir as suas fronteiras, proteger a segurança nacional e organizar a politica de imigração em concordância com tal.

A CAA, que foi implementada no dia 10 de janeiro, afirma que tal legislação apressa as aplicações de cidadania de pessoas não muçulmanas de localidades com maioria de muçulmanos do Paquistão, Afeganistão e Bangladesh. Esta informação em conjunto com um registo de cidadãos nacionais, os críticos dizem que a nova CAA vai descriminar contra a população minoritária muçulmana.

A nova legislação foi o ponto de partida para semanas de alguns protestos violentos no segundo país com mais população no mundo. Demonstrações enormes foram organizadas na capital bem como nas grandes cidades de Bombai, Kolkata, Bangalore e Hyderabad. Protestos nas cidades mais a norte (Kanpur e Muzzafarnager) foram palco de grandes actos violentos e algumas mortes.

A imagem do primeiro ministro já estava magoada com outros assuntos anteriores à nova lei da CAA pelo que esta nova lei não veio ajudar a sua imagem pública.

Fonte: BBC

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here