Mercedes renova investimento nos automóveis alimentados a hidrogénio

A Mercedes-Benz vai revelar no próximo Salão do Automóvel de Frankfurt o GLC F-Cell, SUV que é movido com uma engenhosa solução de pilha de combustível alimentada a hidrogénio. O novo modelo reflete a renovação do investimento realizado pela marca alemã nesta solução de motorização alternativa num momento em que esta solução começa a perder protagonismo para os automóveis elétricos a bateria entre as concorrentes.

O novo Mercedes GLC F-Cell foi mostrado pela primeira vez em 2016 e pode ser explicado como um automóvel com motor elétrico cuja energia é gerada através de gás de hidrogénio comprimido. Outra das grandes inovações introduzidas pela mercedes neste automóvel com motorização alternativa é o facto de poder ser recarregado em qualquer tomada.

A aparição deste automóvel no Salão do Automóvel de Frankfurt servirá ainda para desmistificar muitos dos mitos que existem sobre os automóveis movidos a hidrogénio, já que para muitos são consideradas verdadeiras ‘bombas’ sobre rodas. No GLC F-Cell os técnicos da Mercedes optaram por posicionar o depósito de alta segurança entre os reforços estruturais sobre os quais assentam os eixos.

A autonomia do novo Mercedes GLC F-Cell, cuja bateria com 9 kWh de capacidade lhe dá autonomia para cerca de 50 km, pode cumprir trajetos com um depósito de hidrogénio a rondar os 500 km.

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here