Mercedes-Benz EQE SUV estará disponível a partir do próximo ano

O Mercedes-Benz EQE foi adaptado para SUV. A empresa alemã revelou uma versão mais alta e mais focada em utilitários do seu sedã EQE, enquanto o preço ainda se mantem em segredo, o SUV EQE deve chegar às concessionárias a partir de 2023. Este modelo inicialmente apenas irá estar disponível nos EUA, na europa a empresa ainda não revelou uma data.

O modelo SUV EQE, tem três níveis de acabamento, um motor traseiro e duas versões de motor duplo, bem como uma variante de desempenho AMG. A principal diferença entre o sedã EQE e o seu equivalente SUV é o tamanho e o espaço interno, com a Mercedes posicionando-o como “o representante mais espaçoso da sua classe”.

Na verdade, o SUV EQE de cinco lugares é mais compacto que o sedã: com 119,3 polegadas, tem uma distância entre eixos 3,5 polegadas mais curta. Isso dá-lhe mais agilidade na estrada, afirma a empresa.

O modelo de lançamento com tração traseira do EQE SUV usará a mesma bateria de 90,6 kWh que alimenta o modelo básico do EQS, que a empresa diz que irá efetuar os impressionantes 550 quilómetros de condução, embora esse número seja baseado no padrão europeu WLTP, portanto provavelmente a estimativa de alcance poderá ser um pouco menor.

É menos alcance do que o sedã EQE, que tem um tamanho de bateria semelhante, mas uma forma mais aerodinâmica e rodas menores, levando a 660 quilómetros de alcance. A versão base, o EQE 350+ SUV é um modelo com um motor traseiro, 292 cv e 565 Nm, seguido de uma versão com dois motores/tração integral EQE 350 4Matic com a mesma potência mas 765 Nm binário, e o EQE 500 4Matic com 408 cv e 858 Nm.

O SUV EQE contará com um ecrã sensível ao toque OLED de 12,8 polegadas no painel central, bem como um painel de instrumentos de 12,3 polegadas atrás do volante. O EV incluirá muitos outros acessórios luxuosos da Mercedes, como o seu assistente digital MBUX para ajudar a encontrar as estações de carregamento e uma experiência de áudio e HVAC que a empresa descreve como “Energizing Comfort”.

Além do sedã EQE e do SUV EQE, a Mercedes também está a lançar um G-Wagen elétrico a meados de 2024. A empresa diz que será totalmente elétrica até 2030, comprometendo-se a investir € 40 bilhões para atingir este esforço.

Enquanto chegar ao mercado, o SUV EQE pode ser um participante muito mais promissor no mercado do que algumas das outras tentativas iniciais da Mercedes-Benz, como o EQC, que estava cheio de compromissos para ser construído numa plataforma de motor de combustão em vez de ser um veículo elétrico de raiz, um dos objetivos que estabeleceu quando revelou pela primeira vez o conceito Vision EQS em 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui