MEO disponibiliza chamadas para a Ucrânia

Quinta-feira assistimos ao despertar de uma guerra na Europa. Após vários meses de tensão, o pior dos cenários confirmou-se e as tropas russas invadiram a Ucrânia, iniciando, assim, um conflito armada que ninguém sabe quais as reais consequências nem quando terá fim.

Por todo o mundo chegam imagens de apoio à Ucrânia, e de condenação à Rússia pelos “atrozes ataques”, violando indiscutivelmente os direitos humanos. A MEO não ficou indiferente ao sofrimento dos ucranianos e passou a disponibilizar chamadas móveis internacionais para a Ucrânia.

“Para facilitar as comunicações e aproximar as famílias”, a operadora “oferece temporariamente a todos os seus clientes chamadas móveis internacionais para a Ucrânia e disponibiliza gratuitamente o pack Ukrainian TV”.

O pack Ukrainian TV comtempla:

  • Ukraine 1 – dedicado às séries e aos programas de produção nacional;
  • Ukraine 2 – vocacionada para o público masculino com idades entre os 25 e os 44 anos;
  • NLO TV 2 – com programas humorísticos, dedicado a uma audiência mais jovem;
  • Star Cinema – canal sempre atualizado com produções da Star Media Company, uma produtora de renome local, de filmes e séries com um público já fiel há muitos anos;
  • Star Family – destinada à família: com programas educacionais e de entretenimentos para os mais novos, bem como com filmes e séries para o público mais sénior;
  • Rybalka TV – também conhecido como “Fishing TV”, é o primeiro canal dedicado à pesca;
  • X-Sport – pode-se assistir a todo tipo de desporto, desde motorcycling a wrestling, a natação, tenis, arm wrestling, entre outros.

A oferta será valida de 26 de fevereiro a 15 de março, mas pode ser alargada “consoante o evoluir da situação”.

A invasão total da Ucrânia por terra, ar e mar,  por parte da Rússia é um dos maiores ataques de um Estado contra outro na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, confirmando, assim, um dos piores temores do Ocidente.

Nas palavras de Putin, esta guerra visa  “desmilitarizar e desnazificar o país vizinho e que era a única maneira de o país se defender, precisando o Kremlin que a ofensiva durará o tempo necessário, dependendo dos seus resultados e relevância”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui