Meizu 16 e 16 Plus são anunciados com Snapdragon 845 e leitor de digitais na tela

8 de Agosto de 2018
4 Partilhas 65 Visualizações
1 Comentários
Passatempo Galaxy A7

Depois de uma série de vazamentos e rumores, finalmente a Meizu anunciou seus dois novos smartphones top de linha: o Meizu 16 e 16 Plus. Curiosamente, pela primeira vez na história da empresa, os dispositivos trazem um chipset da Qualcomm – o Snapdragon 845. Até então, todos os modelos da marca usavam processadores MediaTek e Samsung. Esta mudança coloca o Meizu 16 e 16 Plus frente a frente com grandes rivais, como o Xiaomi Mi 8 e OnePlus 6, por exemplo.

Se você não gosta de entalhes, saiba que a linha Meizu 16 chega ao mercado sem este controverso recorte. Embora não apresentem câmera frontal retrátil, como vemos no Vivo NEX S ou Oppo Find X, o design adotado pela fabricante diminuiu bastante as bordas em todos os quatro lados da tela.

A empresa manteve um design simétrico, tendo que gastar milhões de dólares para re-personalizar a parte frontal dos modelos para garantir que todos os componentes necessários fossem inseridos na borda fina na parte superior. Com essa estratégia e mesmo sem adotar o entalhe, a Meizu conseguiu entregar uma proporção de tela de incríveis 91,18%. Em termos de comparação, o Vivo Nex foi lançado com 91,24%. Portanto, fica claro que a tela foi bem aproveitada pela fabricante chinesa.

O corpo de ambos é feito de vidro, e a traseira vem com um revestimento de 7 camadas para criar uma textura semelhante a cerâmica. Os interessados podem comprar os smartphones em duas cores: branco e preto. A busca da Meizu em entregar um design refinado também se traduz em um aparelho muito fino. Oficialmente, o Meizu 16 está sendo comercializado como o smartphone com leitor de digitais na tela mais fino do mundo, medindo 7,3 mm de espessura – o Oppo Find X possui 9,3 mm.

Ao longo dos anos, os smartphones gradualmente ficaram mais pesados. E esta é outra área em que o Meizu 16 se destaca, afinal, ele pesa apenas 152 gramas. Concorrentes como Vivo Nex, Find X e OnePlus 6 pesam 199, 186 e 177 gramas, respectivamente.

O novo flagship da fabricante chinesa também impressiona nas especificações. A linha Meizu 16 chega ao mercado com processador Snapdragon 845, 6GB ou 8GB de RAM e 64GB, 128GB ou 256GB de armazenamento interno. A tela Super AMOLED do Meizu 16 é de 6″ com resolução Full HD+, enquanto o modelo Plus possui 6,5″ e a mesma resolução. Em bateria, o primeiro chega com 3.010 mAh e o segundo com 3.640 mAh.

Ambos possuem um leitor de digitais na tela, que após meses de otimização, consegue reconhecer o dedo do usuário em 0,25 segundos, e a taxa de sucesso é de até 99,12%. Embora este leitor possa não ser tão rápido ou preciso quanto um sensor óptico tradicional, é interessante vermos mais fabricantes estão optando por essa nova tecnologia, ajudando-a a se tornar mais popular no mercado.

Outro destaque da linha, é o novo sistema de resfriamento à líquido por tubos de cobres. Isso permite que o smartphone se mantenha frio mesmo durante jogos pesados, garantindo o máximo de desempenho possível do Snapdragon 845.

No departamento de câmeras, ambos adotaram a mesma configuração do Meizu 15 Plus, ou seja, temos um sensor IMX 380 de 12MP e outro IMX350 de 20MP. Além disso, há quatro eixos OIS e velocidade de obturador de 1/4s. Assim como vemos em outros aparelhos top de linha, os novos smartphones da Meizu possuem inteligência artificial para melhorar as imagens, além de um HDR que promete cores vibrantes e melhor contraste.

Em software, os dispositivos trazem a interface Flyme 7 baseada no Android Oreo. Graças a inteligência artificial, o sistema pré-carrega aplicativos que o usuário mais utilizada para melhorar a velocidade de abertura em até 36%. A tecnologia SuperSwipe da Meizu também melhora a fluidez da interface em até 76%. O botão mBack foi substituído por uma barra horizontal na parte inferior da tela, bem semelhante ao sistema de navegação do Android Pie.

Agora, vamos aos preços. O Meizu 16 possui três variantes: a primeira com 6GB de RAM e 64GB de armazenamento (US$ 395), a segunda com 6GB+128GB (US$ 439), e a última entrega 8GB+128GB (US$ 483). Quando ao modelo Plus, será possível adquiri-lo com: 6GB+128GB (US$ 468), 8GB+128GB (US$ 512) e a última variante mais potente de 8GB+256GB (US$ 586). Ambos começam a ser vendidos em 20 de agosto na China.

Fonte: GizMoChina

Artigos interessantes

Xiaomi confirma que Black Shark 2 chegará em 23 de outubro
Telemóveis
24 Visualizações
Telemóveis
24 Visualizações

Xiaomi confirma que Black Shark 2 chegará em 23 de outubro

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Recentemente, surgiram informações que a Xiaomi lançaria o Black Shark 2 em 23 de outubro. Naquele momento, não podíamos confirmar que…

Asus Zenfone 4 Max recebe o Android 8.1 Oreo
Asus
29 Visualizações
Asus
29 Visualizações

Asus Zenfone 4 Max recebe o Android 8.1 Oreo

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Estava previsto que, em dezembro do ano passado, a Asus iria disponibilizar o Android Oreo para o Zenfone 4 Max, que…

Vivo Z3 chega ao mercado com Snapdragon 710 e tecnologia Dual Turbo
Diversos
20 Visualizações
Diversos
20 Visualizações

Vivo Z3 chega ao mercado com Snapdragon 710 e tecnologia Dual Turbo

Wagner Pedro - 18 de Outubro de 2018

Na semana passada, a Vivo anunciou o Vivo Z3i na China. Agora, a fabricante chinesa veio a público para oficializar…

Comentário

Comente

O seu email não será publico

Partilhe nas Redes Sociais

Se gosta do artigo, partilhe com os seus amigos