Megaupload: Recusada liberdade a Kim Schmitz

As autoridades neo-zelandesas negaram a liberdade de Kim Schmitz, o criador do Megaupload e o principal acusado após o FBI ter encerrado o site.

Um tribunal da Nova Zelândia, onde Kim Schmitz foi detido, decidiu negar a possibilidade de liberdade do criador do Megaupload, nem com o pagamento de fiança.

Kim Schmitz foi detido após as autoridades dos EUA terem encerrado o site Megaupload e ter pedido às autoridades neo-zelandeses para que Kim e os envolvidos fossem detidos. Segundo a acusação, o Megaupload fomentava a pirataria e o criador e funcionários do site tinham esquemas de lavagem de dinheiro.

Kim Schmitz irá ficar detido até dia 22 de Fevereiro, até o Tribunal da Nova Zelândia decidir sobre a sua extradição para os Estados Unidos. Segundo o tribunal, Kim tem várias identidades que poderiam facilitar a fuga do principal suspeito.

Kim Schmitz queria estar em liberdade até à audiência, para que pudesse estar ao lado da mulher, que está grávida de gémeos.

Fonte: The Wall Street Journal

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here