Mattel perde 3 milhões de dólares com ataque de ‘phishing’

mattel

O fabricante de brinquedos Mattel perdeu 3 milhões de dólares num esquema de ‘phishing’ perpetrado por hackers chineses. O ataque, desencadeado num período de alterações corporativas na Mattel, foi iniciado com um e-mail enviado para um executivo da área financeira da empresa e solicitava um pagamento a um fornecedor chinês.

O e-mail que serviu de engodo foi enviado utilizando a identidade do novo presidente da empresa Christopher Sinclair no momento da sua tomada de posse.

O protocolo da Mattel exige que as transferências de dinheiro sejam aprovadas por dois altos dirigentes da empresa. Satisfeitas estas duas condições o executive do departamento financeiro ordenou a transferência de 3 milhões de dólares para o Banco de Wenzhou. Não foi necessário passarem muitas horas até que se percebesse que algo estava mal, tendo a Mattel contactado de imediato o banco para cancelar a ordem financeira. Já nada havia a fazer, a transferência já tinha sido cobrada.

As chances de recuperação do capital perdido por parte da Mattel eram diminutas. A transferência aconteceu numa sexta feira, dia em que os bancos se encontravam encerrados e permitiu à empresa uma janela de tempo já que o dinheiro não poderia ser resgatado até segunda feira. A empresa de brinquedos conseguiu assim utilizar o tempo da forma mais inteligente e graças à cooperação das autoridades chinesas conseguiu reclamar o dinheiro transferido.

Depois de uma lição a Mattel está já a formar os seus empregados para os perigos dos ataques de phishing.

Fonte: nbc4i

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

Quer saber outras novidades? Veja em baixo as nossas Sugestões

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here