Mara X e Mara Z: Smartphones “Made in África” já são realidade

Smartphones concebidos na sua totalidade com materiais made in África já existem e o mérito é da Mara Group. Esta empresa situada no Ruanda acabou de anunciar o lançamento dos seus primeiros Android’s made in África: Mara X e Mara Z.

Mara X tem 16GB de armazenamento, um processador Mediatek MT6739, display HD de 5.5 polegadas, 1GB de RAM, câmara frontal de 5MP e câmara traseira de 13MP. O Mara Z tem o dobro da capacidade de armazenamento – 32GB, display de 5.7 polegadas, 3GB de RAM, câmaras frontal e traseira de 13MP e processador Qualcomm Snapdragon 435. Este último foi desenvolvido em parceria com o Android One Program do Google. Têm ambos leitor de impressões digitais e apresentam-se como aparelhos grandes.

O preço dos smartphones situa-se um pouco acima da média – o Mara X terá um custo de 190 euros e o Mara Z estará à venda por 130 euros, contudo, este parece ser um preço a pagar pelo passo dado. Certamente que no futuro e com o crescimento da Mara Group, os preços poderão estar mais competitivos.

A primeira fabricante móvel de África apresenta os seus primeiros “meninos” como seguros e inteligentes. É sem dúvida um marco importante dado pela Mara Group para mostrar ao país, ao continente africano e ao mundo que a tecnologia pode criar-se em qualquer ponto desde que se dê o primeiro passo.

A Mara Group foi alvo de um investimento de 24 milhões de dólares e consegue produzir até 1200 smartphones por dia. Ao que tudo indica estes smartphones não viajarão até Portugal mas, deste lado do oceano, podemos ficar igualmente contentes por esta conquista do povo ruandês.

Há planos no país que até então era conhecido pela guerra e genocídio para se construir um pólo industrial com laboratórios, fábricas e escritórios que se destaquem no plano tecnológico e centros de formação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here