Malware ataca computador a partir dos smartphones android

droidcleanerHá uma nova ameaça de malware a pôr em risco a segurança dos detentores de smartphones android – e de todos os computadores que sejam ligados a estes telemóveis via USB.

O malware é descarregado quando os utilizadores fazem o download de uma app chamada “DroidCleaner” que, supostamente, ajuda a libertar memória do telefone, tornando-o mais rápido. Na verdade, assim que é descarregada, a aplicação é capaz de fazer uma série de coisas, como enviar sms, ligar automaticamente o wi-fi, reunir informações sobre o aparelho, abrir links arbitrários num browser, fazer o upload de todo o conteúdo do cartão de memória, fazer o upload de ficheiros ou pastas para um servidor, descarregar todas as sms, apagar todas as sms e fazer o upload de todos os contactos, fotos e coordenadas do aparelho para o seu servidor.

Mas, além de infetar os telemóveis – o que já não é pouco – esta aplicação também consegue infetar os computadores quando estes são conectados via USB. No entanto, o risco é minimizado pelo facto de a transferência ser feita via autorun, sendo que os Windows mais recentes têm a função de autorun desligada por defeito paras as drives externas.

Ainda assim, a Kaspersky suspeita que existam utilizadores com versões mais antigas que poderão ser afetados pelo malware. E quais são os seus efeitos nos computadores? Basicamente, o malware ganha o controlo do microfone, conseguindo usá-lo para espiar as suas conversas, gravá-las e enviá-las para o hacker.

Embora a ameaça não seja propriamente nova, foi o método que surpreendeu a Kaspersky, responsável pela descoberta deste malware: “usar um smartphone e esperar que este se ligue a um PC é um vetor de ataque completamente novo”, concluem.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here